14 anos ao serviço do Desporto em Portugal

publicidade

 

Notícias

Rui Dâmaso escapa à razia e é o melhor português no Open de Portugal/Cidade de Lisboa

 

A terceira jornada do Open de Portugal/Cidade de Lisboa, que decorre no segundo pavilhão do Complexo Desportivo do Casal Vistoso, não correu de feição para os jogadores portugueses que partilhavam a liderança.
 
Dos quatro xadrezistas lusos que tinham 2 pontos após a segunda ronda, apenas o mestre internacional Rui Dâmaso não perdeu – empatou frente à chinesa Li Xueyi -, já que o mestre internacional Sérgio Rocha, a mestre FIDE feminina Rita Jorge e João Andias, foram derrotados, em todos os casos por adversários mais cotados, respetivamente o grande mestre Nikita Petrov (Rússia), o mestre internacional VAV Rajesh (Índia) e o grande mestre Daniel Campora (Argentina).

 


 
Com o empate averbado, Dâmaso passou a integrar o grupo dos 23.ºs classificados, a meio pontos dos 22 líderes, os únicos jogadores que venceram as três partidas até aqui efetuadas.
 
A terceira ronda também foi extremamente negativa para o xadrezista português mais cotado em prova, o grande mestre Luís Galego, que foi derrotado pelo espanhol Juan Jose Corbalan.
 
Em sentido contrário, Tiago Leão (Sporting) voltou a empatar com um mestre FIDE e mantém um excelente registo, com 2 pontos. Desta vez, o jovem jogador luso dividiu o ponto com um xadrezista com mais 267 pontos Elo, o norueguês Andreas Tryggestad (2351 pontos Elo).
 
O Open de Portugal Cidade de Lisboa decorre até dia 9, com jornadas diárias, a partir das 19 horas, à exceção da nona e última, marcada para as 14 horas. 
 

 

Periodicidade Diária

sexta-feira, 5 de junho de 2020 – 18:03:21

Pesquisar

Como comprar fotos

publicidade

Atenção! Este portal usa cookies. Ao continuar a utilizar o portal concorda com o uso de cookies. Saber mais...