13 anos ao serviço do Desporto em Portugal

publicidade

 

Notícias

Joana Calado em 5.º lugar na final dos 100 bruços no IPC Europeu Open Funchal 2016

 

 

Joana Calado terminou em 5.º lugar na final dos 100 metros bruços (S8) com um novo recorde de Portugal (1.25,99) na 6.ª jornada do IPC Europeu Open Funchal 2016. A portuguesa voltou a apresentar-se ao seu melhor nível depois de nas eliminatórias da manhã ter já melhorado o seu próprio recorde nacional para 1.26,74.

 

Na final, a nadadora do Sporting esteve em crescendo para terminar mais uma vez com um máximo que lhe permite somar pontos e sonhar com a presença nos Jogos do Rio de Janeiro 2016. A vitória foi para a russa Olesia Vladkina (1.18,98), seguida da polaca Paulina Wozniak (1.21,47) e da britânica Claire Cashmore (1.21,53). Em quarto lugar terminou a irlandesa Ellen Keane (1.25,67).

 

Regressar às competições após oito anos de ausência e estar a bater recordes nacionais só pode ser justificado pelo treino mas também pelo prazer, pela paixão que tenho pela natação”, justifica Joana Calado.

 

Voltei à Natação porque queria voltar a treinar e competir. Há um ano estava no meu escritório em Londres e decidi voltar à natação. Depois quando soube que Portugal iria organizar um Europeu, pensei porque não juntar-me à festa e tudo foi acontecendo rapidamente. Hoje estou aqui a desfrutar deste ambiente e a pensar nos Jogos do Rio. É maravilhoso”, revela a futura engenheira informática que trabalha para a multinacional Cisco.

 

Teresa Neves e Renata Pinto juntas na final

 

Nos 100 bruços (S9), do IPC Europeu Open, Teresa Neves e Renata Pinto viveram a final com emoções contraditórias.

 

Teresa Neves estava esfuziante. Terminou em sétimo, voltando a melhora o seu melhor registo para 1.31,93 depois de ter feito nas eliminatórias 1.32,23.

 

É um dia perfeito para mim. Melhorei sempre. Senti-me muito bem e voltei a justificar a aposta que fizeram em mim”, disse Teresa Neves que ainda tem como “objetivo as eliminatórias dos 100 costas e bater o recorde nacional na estafeta de 4x100 estilos com Joana Calado, Renata Pinto e Simone Fragoso, a encerrar os Europeus amanhã (18.46).

 

Já Renata Pinto, que se estreou num Europeu, não estava tão satisfeita com o seu resultado, terminou a final em 8.º com 1.32,28. Nas eliminatórias registou 1.31,67.

 

Queria melhorar a minha marca pessoal mas não deu. Isso não me deixou satisfeita. Claro que o principal objetivo, estar numa final, foi alcançado”, disse a jovem nadadora de 16 anos do Adada Porto que ainda vai participar nos 400 livres e estafeta 4x100 estilos.

 

Referência ainda para Nélson Lopes, outro português finalista, terminou em 8.º lugar nos 200 livres (S4) com o tempo de 3.52,38.

 

A jornada terminou com a estafeta de 4x100 estilos portuguesa  – Ivo Rocha, David Grachat , Emanuel Gonçalves e Gino Caetano -  a terminar em 6. º lugar (4.56,07) numa competição dominada pela Rússia (4.10,60).

 

Foto: FPN/Pedro Vasconcelos

 

 

Periodicidade Diária

segunda-feira, 27 de maio de 2019 – 13:12:36

Pesquisar

Vamos ajudar a Oksana

Maryna Sribnyak
IBAN: PT50 0035 0614 0000 9327 930 65
SWIFT: CGDIPTPL
clicar na imagem para saber mais

publicidade

Atenção! Este portal usa cookies. Ao continuar a utilizar o portal concorda com o uso de cookies. Saber mais...