14 anos ao serviço do Desporto em Portugal

publicidade

 

Notícias

3.º Campeonato Mundial de Natação de Surdos: Atletas Lusos melhoram tempos pessoais

Começaram este domingo, dia 7 de Agosto, pelas 10:00h as primeiras eliminatórias do 3º Campeonato Mundial de Natação de Surdos, uma organização da Liga Portuguesa de Desporto para Surdos.
  
Na primeira fase de eliminatórias do Campeonato vários recordes foram batidos - Anna Tovsta, da Ucrânia bateu o recorde do Campeonato Mundial de Natação de Surdos em 400m estilos femininos, Thomas Osborn, dos Estados Unidos, conseguiu o recorde do Campeonato de 400m estilos masculinos e Aksana Petrushenka, da Bielorrússia, ficou com o recorde do Campeonato nos 50m bruços femininos.
  
Na última prova da fase eliminatória do primeiro dia foi batido o recorde mundial dos 50m bruços masculinos pelo norte-americano Marcus Titus. Portugal foi representado por seis dos sete atletas nas provas de 200m livres masculinos e 50m bruços feminino e masculino. Os atletas lusos não conseguiram apuração para as finais que serão discutidas esta tarde, às 16:30h. Apesar da eliminação, os nadadores portugueses conseguiram melhorar os seus tempos pessoais.
  
  Seleccionador Nacional – Tiago Almeida
  
  “As provas começaram bem, foram bastante boas a nível competitivo. Bateram-se novos recordes. A nível nacional estamos a atingir o nosso objectivo. Tanto em 50m bruços femininos e masculinos correram bem, os atletas conseguiram melhorar os seus tempos e estiveram muito perto de atingir o recorde nacional. É a maior representação de Portugal num Mundial e apenas dois dos atletas têm experiência em competições internacionais. Temos sete atletas e dois deles são duas promessas da natação, o Tiago Neves e o Miguel Cruz. O nosso objectivo é conseguirmos marcar presença na competição de Surdolímpicos de 2013. Temos trabalhado muito, inclusive viemos uma semana mais cedo para treinarmos. Ao nível do desenvolvimento da natação para surdos, percebi que existe um potencial enorme para ser desenvolvida. Os bons resultados de hoje mostram isso mesmo. Em relação ao Complexo de Piscinas, os surdos não necessitam de muitas adaptações para competir. Apenas as luzes são essenciais, este é um projecto muito bem conseguido pela Câmara em parceria com o Complexo Olímpico de Piscinas de Coimbra e que é único no país.
 
 Capitã da Equipa Feminina – Susana Lourenço
 
 “É o primeiro dia, ainda vai haver muitas competições, mas até agora tem corrido tudo bem, tem sido positivo. O meu objectivo e também o dos meus colegas é conseguirmos os mínimos para os Surdolímpicos de 2013. Já tenho participado em algumas competições internacionais, tento ajudar os meus colegas e passar-lhes alguma da minha experiência. A modalidade já esteve mais fraca, não havia apoios suficientes, estávamos sempre a mudar de treinador, mas com o tempo as coisas vão melhorando e estamos melhor agora. Comecei a nadar com oito anos e a competir quando tinha nove. Participei nas minhas primeiras provas internacionais com 13 anos até agora. Neste momento estou eu e a Eunice a representar Portugal. As mulheres gostam mais de outras modalidades, acham que a natação é difícil, de qualquer maneira espero que o número venha a aumentar a curto prazo. 
 
 
 

Periodicidade Diária

quinta-feira, 22 de agosto de 2019 – 20:45:18

Pesquisar

 

20 de agosto

2005 - 2019, são 14 anos


- quase 3 milhões de fotos

de cerca de 60 desportos diferentes

 

- aproximadamente 46.000 notícias

de cerca de 225 desportos diferentes

 

- e muito mais
 

tudo

Ao Serviço do Desporto em Portugal

Obrigado aos nossos leitores!

 

 

Vamos ajudar!

Como comprar fotos

publicidade

Atenção! Este portal usa cookies. Ao continuar a utilizar o portal concorda com o uso de cookies. Saber mais...