12 anos ao serviço do Desporto em Portugal

Notícias

Miguel Rocha faz festa na Vagueira em dia de grandes emoções

 

 

Dia desafiante e de emoções fortes na Vagueira termina com a vitória do atleta local Miguel Rocha, que assim se sagrou Bi-Campeão Nacional de Bodysurf, perante uma plateia de “vagueirudos” que vibrou todo o dia com o espetáculo de Bodysurf proporcionado, tornando este evento memorável.  As condições de mar exigentes marcaram a última etapa do Campeonato Nacional de Bodysurf ALMA 2017, obrigando os atletas a lutar ao longo de todo o dia contra a corrente forte que se fez sentir na praia do Labrego.

 

 

Com o título ainda por decidir entre Miguel Rocha e Rodrigo Carrajola, ambos os atletas demonstraram mais uma vez a sua consistência ao longo de todo o dia de competição, lutando até ao último momento numa final em que já todos os atletas acusavam o cansaço. Miguel Rocha, a surfar “em casa”, acabou por não dar hipóteses aos seus adversários, deixando o “rookie” Carrajola em 2º lugar no Vagueira Pro, confirmando o título de Vice-Campeão Nacional de Bodysurf ALMA 2017. O pódio ficou completo com Henrique Madeira, em 3º lugar, e Filipe Correia, em 4º lugar.
 
Declarações finais dos atletas: 

 

 

Miguel Rocha – Campeão Nacional Bodysurf 2017: «Foi um ao muito difícil, o nível está muito alto e a disputa com o Rodrigo Carrajola foi mesmo até à última. Se o Carrajola tivesse ganho aqui era muito merecido, porque teve um ano fantástico também. Dedico este troféu aos vagueirudos, são os maiores!»
 
Rodrigo Carrajola – Vice-Campeão Nacional Bodysurf 2017: «Adorei esta disputa que tive com o Miguel até à final, foi uma rivalidade saudável, e sem os “vagueirudos” a apoiar não tinha a mesma piada!»

 


 
Resultados finais do Vagueiro Pro 2017:

 

1º lugar – Miguel Rocha 

2ª lugar – Rodrigo Carrajola 

3º lugar – Henrique Madeira 

4º lugar – Filipe Correia  
 
Campeonato Nacional de Bodysurf ALMA volta em 2018!

 

Foi em ambiente de festa que terminou a terceira edição do Campeonato Nacional de Bodysurf, comprovando-se o crescimento e potencial da modalidade em Portugal, com inscrições esgotadas nas cinco etapas do calendário e um nível competitivo cada vez mais elevado.

 

«Foi um ano muito interessante, com diferentes campeões logo nas primeiras etapas, com um crescente interesse dos atletas e etapas com condições muito diversas, que fechou com chave d’Ouro com a vitória do melhor bodysurfer português da atualidade. Este terceiro ano trouxe uma nova dinâmica ao Bodysurf que se tornou mais competitivo mas manteve apesar disso o seu espírito  e o seu mote de “vive, ama e surfa com alma”», resume o organizador António Pedro, da Associação Surf Social Wave.    
 
O mesmo potencial de crescimento do Bodysurf nacional é reconhecido pelo patrocinador oficial ALMA Portugal, que promete continuar a apoiar a modalidade em 2018. A família do Bodysurf voltará a reunir-se em 2018 para novos desafios e com o mesmo espírito!
 
Calendário do Campeonato Nacional de Bodysurf ALMA 2017: • Peniche Pro - 14 de Abril – Pico da Mota - Peniche  • Ericeira Pro - 14 de Maio – Praia de Ribeira d’Ilhas - Ericeira, Mafra  • Cascais Pro – 18 de Junho – Praia de Carcavelos/Guincho   • Ocean Spirit Santa Cruz Pro-15 de Julho – Praia de Santa Cruz – Torres Vedras  • Vagueira Pro - 10 de Setembro – Praia do Labrego – Vagos
 
Este campeonato só é possível com o apoio das Câmaras Municipais de Cascais, Mafra, Torres Vedras, Vagos e Peniche, do Centro de Alto Rendimento de Surf de Peniche, da Península de Peniche Surf Clube, da Associação de Surf Sealand de Santa Cruz, do Ericeira Surf Clube, da ALMA, da Xcel, da Dafin, das águas da Fonte Viva, da VitaCress, da Espumantaria, da UCA e da Caruma, marcas de handplanes, da Surfrider Foundation Europe Lisboa, dos parceiros de media MEO Beachcam e Vert Mag, da Federação Portuguesa de Surf, da Associação Surf Social Wave* que assume a organização deste campeonato e sobretudo dos bodysurfers que são o maior incentivo para levar este campeonato mais longe.   
 
 
* A Associação Surf Social Wave é uma associação sem fins lucrativos criada recentemente que atua na área do surf, contribuindo através da prática deste desporto e de todas as valias que o mesmo traz, quer do ponto de vista da capacitação física, quer do ponto de vista da aquisição de competências, para a melhoria de vida de três segmentos da sociedade em situação de exclusão social ou em risco de exclusão. Atua com crianças entre os 10 e os 14 anos, com adolescentes e ainda com pessoas em situação de desemprego. Este é um projeto estruturante e estruturado, que está alavancado nos principais parceiros do surf em Portugal e conta com parceiros institucionais. A Associação Surf Social Wave aposta também na organização do Bodysurf como forma de adquirir sustentabilidade para os seus projetos.  
 

 


 

domingo, 19 de novembro de 2017 – 06:52:30

Pesquisar

Atenção! Este portal usa cookies. Ao continuar a utilizar o portal concorda com o uso de cookies. Saber mais...