14 anos ao serviço do Desporto em Portugal

publicidade

 

Notícias

Campeonato Nacional de Bodysurf ALMA este domingo no Guincho

 

 

A terceira etapa do Campeonato Nacional de Bodysurf ALMA 2017 realiza-se no próximo domingo, 18 de Junho, na praia do Guincho. Como já vem sendo hábito, as inscrições esgotaram rapidamente, com 40 atletas a marcar presença em mais um dia de festa do Bodysurf nacional, desta vez no concelho de Cascais.


A disputa pelo título de campeão nacional está bem acesa este ano, com vários atletas a demonstrar que estão na luta. Depois de duas etapas com pódios completamente distintos, Rodrigo Carrajola lidera o ranking, seguido pelo atual campeão nacional, Miguel Rocha. Tudo está em aberto com três etapas decisivas ainda por disputar.


A comunidade do Bodysurf está mais motivada que nunca, e os bons resultados obtidos no Campeonato Europeu, que se realizou em França (Anglet) no dia 10 de Junho, são mais uma prova do crescimento da modalidade e evolução dos atletas nos últimos anos. Entre os 10 atletas presentes, António Stott conquistou em excelente 3º lugar na categoria Open, Miguel Rocha e Pedro Collaço chegaram às meias finais, e Marta Leitão terminou em 4º lugar.


De volta ao mar de Portugal, esperam-se boas condições neste domingo no Guincho e está tudo a postos para mais uma etapa do Campeonato Nacional de Bodysurf ALMA 2017.


Campeonato Nacional de Bodysurf ALMA 2017:
• Peniche Pro - 14 de Abril – Pico da Mota - Peniche
• Ericeira Pro - 14 de Maio – Praia de Ribeira d’Ilhas - Ericeira, Mafra
• Cascais Pro – 18 de Junho – Praia de Carcavelos/Guincho
• Ocean Spirit Santa Cruz Pro-15/16 de Julho – Praia de Santa Cruz – Torres Vedras
• Vagueira Pro - 9/10 de Setembro – Praia do Labrego – Vagos


Este campeonato só é possível com o apoio das Câmaras Municipais de Cascais, Mafra, Torres Vedras, Vagos e Peniche, do Centro de Alto Rendimento de Surf de Peniche, da Península de Peniche Surf Clube, da Associação de Surf Sealand de Santa Cruz, do Ericeira Surf Clube, da ALMA, da Xcel, da Dafin, das águas da Fonte Viva, da VitaCress, da Espumantaria, da UCA e da Caruma, marcas de handplanes, da Surfrider Foundation Europe Lisboa, dos parceiros de media MEO Beachcam e Vert Mag, da Federação Portuguesa de Surf, da Associação Surf Social Wave* que assume a organização deste campeonato e sobretudo dos bodysurfers que são o maior incentivo para levar este campeonato mais longe.


* A Associação Surf Social Wave é uma associação sem fins lucrativos criada recentemente que atua na área do surf, contribuindo através da prática deste desporto e de todas as valias que o mesmo traz, quer do ponto de vista da capacitação física, quer do ponto de vista da aquisição de competências, para a melhoria de vida de três segmentos da sociedade em situação de exclusão social ou em risco de exclusão. Atua com crianças entre os 10 e os 14 anos, com adolescentes e ainda com pessoas em situação de desemprego. Este é um projeto estruturante e estruturado, que está alavancado nos principais parceiros do surf em Portugal e conta com parceiros institucionais. A Associação Surf Social Wave aposta também na organização do Bodysurf como forma de adquirir sustentabilidade para os seus projetos.

 

 

20 de agosto

2005 - 2019, são 14 anos


- quase 3 milhões de fotos de cerca de 60 desportos diferentes
- aproximadamente 46.000 notícias de cerca de 225 desportos diferentes
- e muito mais
 

tudo

Ao Serviço do Desporto em Portugal

Obrigado aos nossos leitores!

 

Periodicidade Diária

terça-feira, 20 de agosto de 2019 – 10:28:47

Pesquisar

Vamos ajudar a Oksana

Maryna Sribnyak
IBAN: PT50 0035 0614 0000 9327 930 65
SWIFT: CGDIPTPL
clicar na imagem para saber mais

publicidade

Atenção! Este portal usa cookies. Ao continuar a utilizar o portal concorda com o uso de cookies. Saber mais...