18 anos ao serviço do Desporto em Portugal

publicidade

 

Notícias

Joaquim Soares e Bernardo Sá Nogueira mantêm liderança no campeonato

 
Joaquim Soares e Bernardo Sá Nogueira mantêm liderança no campeonato
 
Joaquim Soares e Bernardo Sá Nogueira não tiveram uma passagem feliz pela etapa de Vila Real do Campeonato de Portugal de Velocidade Super Legends, mas saíram de Trás-os-Montes no  comando da classificação de pilotos da categoria Super Trophy.
 
Todos os que seguem de perto o automobilismo reconhecem que o circuito citadino de Vila Real exige muito dos pilotos e das máquinas, mas também é precisa alguma sorte para que os resultados espelhem o potencial apresentado.
 
Desta feita, nem Joaquim Soares nem Bernardo Sá Nogueira tiveram a sorte do seu lado, sofrendo com as contingências próprias de um traçado com as características deste.
 
O duo viu a sua qualificação ser prejudicada por uma bandeira vermelha e pela chegada da chuva, o que o impediu de realizar uma volta com pista seca, ao contrário dos seus adversários, atirando-o para o vigésimo lugar da grelha de partida, décimo primeiro da sua categoria.
 
Na primeira corrida, Bernardo Sá Nogueira estava apostado numa recuperação, mas uma longa situação de Safety-Car atrasou o seu desígnio. Quando a prova foi, finalmente, reiniciada, rapidamente
começou a galgar posições, chegando a sexto da geral, terceiro da categoria, com a volta mais rápida no bolso, que vale um ponto. No entanto, um acidente levou a uma bandeira vermelha, acabando a
classificação final por ser a da volta anterior ao incidente, o que deixou o piloto do Alfa Romeo 147 na sexta posição dos Super Trophy.
 
Joaquim Soares arrancou décimo primeiro posto, sexto da categoria, e na corrida rapidamente começou a ganhar posições, chegando a estar terceiro lugar dos Super Trophy ao fim de duas voltas. No entanto, acabou por não conseguiu evitar contacto um rail, tendo sido obrigado a abandonar.
 
No final do fim-de-semana, Bernardo Sá Nogueira mostrava-se conformado com o desfecho, sublinhando, no entanto, que a equipa continua no comando do Campeonato de Portugal de Velocidade Super Legens de Pilotos na categoria Super Trophy. "Todos nós sabemos que o traçado de Vila Real por vezes é madrasto! Tive algum azar na qualificação, uma vez que uma bandeira vermelha e a chuva não me permitiram realizar uma volta no seco, ao contrário de alguns dos meus adversários, e isso foi determinante para todo o meu fim-de-semana. Depois, na corrida, com um Safety-Car e uma bandeira vermelha, tive poucos minutos de competição e mesmo assim consegui ganhar catorze posições, o que demonstra que uma vez mais estávamos muito competitivos e que a RP Motorsport deu-nos um carro muito performante. Continuamos no comando do campeonato e estamos confiantes de que iremos para a próxima etapa com a possibilidade de lutar outra vez por vitórias", afirmou o piloto de Santarém.
 
Joaquim Soares admite que a passagem por Vila Real não foi positiva, mas está confiante para a restante temporada, dada a performance que evidenciou no circuito citadino. "Sabemos que este traçado não perdoa e isso foi notório este fim-de-semana! Estivemos com um ritmo altíssimo em condições difíceis e consegui realizar uma recuperação fulgurante que me poderia permitir vencer a nossa categoria. Infelizmente, uma pequena imprecisão levou a um toque num rail que abriu a direcção do nosso carro… Fomos rápidos e isso é o mais importante, dado que nos dá confiança para o resto da época e, como demonstrámos até aqui, em circunstâncias normais estamos na luta pelos lugares do pódio e pelas vitórias na categoria", frisou o piloto do Porto.
 
A próxima etapa do Campeonato de Portugal de Velocidade Super Legends realiza-se no Autódromo do Estoril nos dias 14 e 15 de Setembro.
 

Periodicidade Diária

sábado, 13 de julho de 2024 – 18:29:34

Pesquisar

Como comprar fotos

publicidade

Atenção! Este portal usa cookies. Ao continuar a utilizar o portal concorda com o uso de cookies. Saber mais...