15 anos ao serviço do Desporto em Portugal

publicidade

 

Notícias

Rali Terras d’Aboboreira - ARC Sport pronta para todos os desafios

 

A penúltima prova do Campeonato de Portugal de Ralis visita o norte do país e assinala o regresso aos troços de terra. Com contas muito difíceis para fazer, Ricardo Teodósio tem como único objetivo vencer. Miguel Correia pretende evoluir, aceitando sempre novos desafios com um sorriso nos lábios. Dos Açores, o campeão Luís Miguel Rego marca presença no Terras d’Aboboreira e promete estar presente no Rali do Algarve, a derradeira prova do CPR 2020.

 

As contas são complicadas para os campeões nacionais de ralis, mas Ricardo Teodósio e José Teixeira estão na luta até ao fim.

 

 

Na verdade, as contas são difíceis e a nossa matemática só pode ter êxito com os azares dos outros. Por isso, só temos um objetivo que é vencer. Estamos prontos para a guerra, depois de uns testes bastante positivos. Finalmente um rali de terra! Já tinha saudades de uma prova como esta em troços que fazem parte do Rali de Portugal. Este ano, infelizmente, os ralis de terra foram muito poucos”, disse Ricardo Teodósio.

 

Miguel Correia e António Costa estão otimistas para o Rali Terras d’Aboboreira. O piloto está cada vez mais adaptado à condução do Skoda Fabia e pretende fazer cada vez melhor.

 

 

Este é um rali apenas com três troços diferentes, com duas passagens por cada um, mas o traçado parece excelente. Gosto mais de provas em terra e estamos bastante motivados para enfrentar mais este desafio, embora não tenha comparações de andamentos. Como já estou habituado a descobertas, agora é só ligar o cronómetro”, gracejou Miguel Correia.

 

Parado há demasiado tempo, Luís Miguel Rego está desejoso de competir em pisos de terra. Acompanhado por Jorge Henriques, o campeão dos Açores pretende divulgar o nome da região.

 

 

Depois do Rali da Madeira, que foi a única prova que disputei em 2020, esta é um regresso apetecível, pois já não faço ralis em terra desde novembro do ano passado, na ilha do Faial. Esta é uma prova nova e mais um desafio no CPR, onde tudo é novo para mim e quero aprender e melhorar. É bom regressar aos pisos de terra, numa prova onde o ritmo é muito forte, mas onde pretendo fazer o melhor resultado possível e promover os Açores”, afirmou Luís Miguel Rego.

 

A ARC Sport está pronta para mais um importante desafio, desta vez nos pisos de terra do Rali Terras d’Aboboreira. Um estímulo especial na luta pela vitória de Ricardo Teodósio, mas também nas boas prestações de Miguel Correia e Luís Miguel Rego.

 

Primeiro que tudo, quero manifestar o meu pesar pelo falecimento do Claudino Romeiro, uma pessoa fantástica e conhecedora de todos os pormenores do desporto automóvel. Perdeu-se um excelente elemento e o automobilismo fica certamente mais pobre. Em relação á prova, e como sempre, estamos prontos para proporcionar ao Ricardo as melhores condições para lutar pela vitória, estando também confiantes em relação às prestações do Miguel e do Luís. Podem todos contar com o nosso melhor empenho”, referiu Augusto Ramiro.

 

O Rali Terras d’Aboboreira, penúltima prova do Campeonato de Portugal de Ralis, disputa-se sexta-feira e sábado, dias 30 e 31 de outubro e conta com 6 provas especiais de classificação.

 

Fotos: AIFA | Jorge Cunha e Albano Loureiro 

 

 

Periodicidade Diária

quarta-feira, 2 de dezembro de 2020 – 15:47:22

Pesquisar

Como comprar fotos

publicidade

Atenção! Este portal usa cookies. Ao continuar a utilizar o portal concorda com o uso de cookies. Saber mais...