14 anos ao serviço do Desporto em Portugal

publicidade

 

Notícias

54º Ralicross de Castelo Branco - Sábado

 

O Complexo de Desportos Motorizados do Lanço Grande, recebe a terceira jornada do PTRX 2020.

 

Devido à actual situação, esta é mais uma prova realizada sem público, mas que vai ser transmitida em "live stream" a partir das nove horas de amanhã, Domingo dia 2 de Agosto.

 

A organização está a cargo da Escuderia de Castelo Branco.

 

Breves

 

ADN vencedor

 

 

Castelo Branco marcou o regresso de Santinho Mendes Jr. ao PTRX -  Campeonato de Portugal de Ralicross.

 

O piloto de Abrantes, que é o mais novo do Clã Santinho Mendes, neto e filho de António e Vítor Santinho Mendes, respetivamente, também eles campeões de Ralis, Autocross e Ralicross, veio ao traçado do Lanço Grande matar saudades e não precisou de muito tempo para mostrar a sua classe na Nacional 2RM.  

 

Gonçalo Novo de regresso

 

 

Gonçalo Novo regressou ao PTRX -  Campeonato de Portugal de Ralicross com objetivos de continuar a marcar posição na Iniciação.

 

O piloto da Motofil apesar de não ter participado na segunda jornada do temporada, que decorreu em Lousada, chegou a Castelo Branco apostado em assegurar um lugar de destaque na sua categoria.

 

João Novo na Supercar

 

 

Depois de ter “falhado” a ida a Lousada, João Novo regressou à competição em Castelo Branco. Na jornada inaugural, que decorreu em Sever do Vouga, Novo apresentou-se aos comandos do Citroën C2 na Super 1600, porém em Castelo Branco o piloto da Motofil apresentou-se com o Citroën DS3 Supercar. “Tivemos que fazer algumas melhorias e agora o carro está impecável. Já tinha saudades de andar nele!”, referiu João Novo.

 

Contudo, apesar de não esconder que poderá voltar a aparecer com o DS3, o piloto de Aveiro adiantou que: “o objetivo é acabar o Citroën C2 (Super 1600), que neste momento se encontra desmontado e regressar nas duas últimas provas da temporada”.

 

Guilherme Nunes a jogar em casa

 

 

O piloto da Iniciação, Guilherme Nunes, depois da estreia em Lousada alinha nesta sua segunda corrida com uma “responsabilidade” acrescida. “Correr em casa é completamente diferente. Apesar de não podermos contar com o público, acabamos por sentir sempre outro tipo de apoio, dos nossos amigos e convidados. A adaptação está a correr bem e estou confiante”, referiu o jovem piloto albicastrense.

 

Relativamente à restante temporada Guilherme Nunes ainda não tem tudo definido, mesmo assim, a presença em Mação (5 e 6 de setembro) já está garantida.

 

João Pinheiro defende as cores da cidade

 

 

João Pinheiro aos comandos de um LBS Motor Club RX01, tem uma dupla missão em Castelo Branco: defender as correr da sua cidade e continuar a conquistar pontos na classe dos Iniciados de Kartcross. “Correr em casa acrescenta um bocado a pressão... tenho a responsabilidade de estar a representar a cidade, mas encaro esta prova com o mesmo sentido e empenho como qualquer outra do calendário”, começou por referir João Pinheiro.

 

Por outro lado: “Estou cada vez mais adaptado, conheço cada vez melhor o carro, uma realidade que não acontecia nas primeiras provas e os tempos em pista têm melhorado. Contudo, ainda não descobri os verdadeiros limites do carro, quando isso acontecer aí sim, posso dizer que já o conheço bem”, concluiu o piloto das Iniciados.

 

 

 

 

Periodicidade Diária

terça-feira, 4 de agosto de 2020 – 17:35:28

Pesquisar

Como comprar fotos

publicidade

Atenção! Este portal usa cookies. Ao continuar a utilizar o portal concorda com o uso de cookies. Saber mais...