13 anos ao serviço do Desporto em Portugal

publicidade

 

Notícias

Meeting internacional da Madeira ultrapassa expetativas

 

 

“Estamos no caminho certo e é preciso que os atletas madeirenses arranjem mais apoios para participar em provas nacionais e internacionais”, diz o diretor técnico do MASTER ATHLETICS International Meeting (MAIM), competição que decorreu ao longo do fim de semana.

 

O MASTER ATHLETICS International Meeting (MAIM), competição de âmbito internacional organizada pela Associação de Atletismo da Região Autónoma da Madeira destinada a atletas veteranos, destacou-se pela positiva. Quem o diz é o diretor técnico da prova, Alexandre Monteiro.

 

 

O meeting internacional da Madeira atingiu proporções, logo na primeira edição, que nos deixa muito orgulhosos. Para além do número de participantes do território continental, conseguimos trazer uma representação da Áustria e um atleta da França. Tivemos também grande adesão dos atletas madeirenses e destaco também as equipas campeãs nacionais, em masculinos o Belenenses e em femininos o Povoense”.

 

Este encontro, com 102 participantes inscritos, conseguiu ultrapassar o maior evento de Masters que se organiza no Continente, em Coimbra, e que há mais de cinco anos não consegue ultrapassar uma centena de participantes. “Contamos com 102 participantes inscritos e mais não temos porque nos últimos dias tivemos de encerrar as inscrições porque os prémios já só contemplavam os cem”.

 

 

Alexandre Monteiro falou ainda das condições do Centro Desportivo da Madeira, referindo que a pista “entre a serra” tem sido do agrado de todos os atletas participantes. A possibilidade de usufruir da vertente lúdica da ilha é outra das vantagens, uma vez que os atletas muitas vezes se fazem acompanhar por familiares e amigos.

 

Sem querer confirmar para já uma segunda edição do Masters na ilha da Madeira, o responsável refere de estão reunidas todas as condições para que tal aconteça, sendo que o trabalho e “poder de organização” da Associação de Atletismo da Região Autónoma da Madeira e todas as parcerias tem sido muito importante para a promoção do atletismo português.

 

A título de curiosidade, e ainda que não se tenham batidos muitos recordes, ontem, sábado, o atleta recordista nacional dos 3 mil metros em pista coberta perdeu com um atleta madeirense na prova dos 5 mil metros. O que é indicativo do potencial dos atletas madeirenses. “Estamos no caminho certo e é preciso que os atletas madeirenses arranjem mais apoios para participar em provas nacionais e internacionais”.

 

 

Alexandre Monteiro acrescentou ainda que um dos destaques deste Masters Internacional vai para o envolvimento dos mais jovens na competição. Uma dinâmica intergeracional que é “muito importante em termos de motivação”.

 

 

 

 

Periodicidade Diária

segunda-feira, 24 de junho de 2019 – 21:55:56

Pesquisar

Vamos ajudar a Oksana

Maryna Sribnyak
IBAN: PT50 0035 0614 0000 9327 930 65
SWIFT: CGDIPTPL
clicar na imagem para saber mais

Reportagens fotográficas em preparação

publicidade

Atenção! Este portal usa cookies. Ao continuar a utilizar o portal concorda com o uso de cookies. Saber mais...