13 anos ao serviço do Desporto em Portugal

publicidade

 

Notícias

Rio Maior vai organizar a 24.ª edição do Grande Prémio Internacional

O 24.º Grande Prémio Internacional de Rio Maior vai ter lugar no dia 18 de abril, com a realização, às 17:30 horas, das provas femininas de 10 km juniores e 20 km seniores, e às 17:38 horas, das provas masculinas de igual distância. O evento tem atraído, ao longo dos anos, a presença das mais destacadas figuras internacionais da especialidade, entre as quais se contam campeões mundiais e olímpicos.
 
 
Para a edição deste ano, que volta a ter no treinador Jorge Miguel, o principal impulsionador da iniciativa, inscreveram-se, até ao momento, atletas de 21 países, entre os quais todos os melhores  portugueses, alguns de verdadeira dimensão mundial. Antevê-se, pois, uma jornada de grande qualidade competitiva e de promoção para a marcha atlética.
 
 
Da Europa visitam-nos marchadores de Espanha, França, Itália, Lituânia, Polónia, Eslováquia, Suécia, Turquia e Ucrânia. Da América latina estarão entre nós representantes da Argentina, Bolívia, Brasil, Chile, Colômbia, Equador, Guatemala, México, e Venezuela.
 
 
É aguardada, ainda, a presença de uma delegação de atletas chineses, alguns em preparação para eventos internacionais da maior importância, o que enriquecerá o quadro competitivo da prova de Rio Maior, sabendo-se que a China atualmente é uma das grandes potências mundiais da especialidade. Nos Jogos Olímpicos de Londres, em 2012, das nove medalhas em disputa, nas provas de marcha, três foram alcançados por marchadores chineses. Este ano, nos mundiais a realizar em Pequim, há fortes possibilidades de medalhas de atletas chineses nos 20 km marcha femininos (uma ou duas), dependendo do desempenho das russas, e de uma nos 20 km masculinos.
 
 
As melhores marcas alcançadas em Rio Maior foram, no setor masculino, do russo Valeriy Borchin (1.18.55, em 2011), do espanhol Francisco Fernandez (1.19.02, em 2005) e do australiano Nathan Deakes (1.19.15, em 2005), e no setor feminino, da bielorrusa Rita Turava (1.27.19, em 2005), da chinesa Hongyu Liu (1.27.55, em 2000), e da portuguesa Susana Feitor (1.27.55, em 2001).
 

Paralelamente à realização das provas do challenge mundial de marcha, e que constituirá um momento decisivo na escolha final da seleção portuguesa para a Taça da Europa de Marcha, a Federação Portuguesa de Atletismo fará disputará os campeonatos nacionais de marcha em estrada (juvenis, juniores, seniores e veteranos), e o Torneio Nacional “Marchador Jovem”, infantis e iniciados, a partir das 14:45 horas. 



Tendo sempre feito parte destes campeonatos, desde há 30 anos, a prova dos 50 km marcha foi, desta vez, disputada separadamente, em Castelo Branco.

Periodicidade Diária

quinta-feira, 23 de maio de 2019 – 02:49:47

Pesquisar

Vamos ajudar a Oksana

Maryna Sribnyak
IBAN: PT50 0035 0614 0000 9327 930 65
SWIFT: CGDIPTPL
clicar na imagem para saber mais

publicidade

Atenção! Este portal usa cookies. Ao continuar a utilizar o portal concorda com o uso de cookies. Saber mais...