13 anos ao serviço do Desporto em Portugal

publicidade

 

Notícias

ampeonatos distritais em Porto de Mós (resultados)

 

Em Porto de Mós, a 23 de janeiro, realizaram-se os campeonatos distritais conjuntos de marcha em estrada de Leiria, Santarém, Coimbra e Castelo Branco, cujo programa, em simultâneo com o campeonato nacional provisório de 35 km masculinos, foi divulgado em versão final [aqui] pela FPA (4 janeiro).
 
Desde aí, esse programa foi sendo contrariado «à vontade do freguês» com inclusão de provas, como os 15 km e 30 km femininos, os 10 km para juvenis e masters masculinos e femininos, etc., algumas delas só percetíveis até para os atletas no próprio dia da competição, e «ajustaram-se» distâncias de campeonatos. Umexemplo disso é o facto de Leiria ter disputado o seu campeonato feminino sobre 15 km enquanto os homens realizavam surpreendentemente (não para alguns atletas) sobre 10 km e na passagem dos 35 km federativos!
 
Sobre a prova extra de 20 km femininos, já o blogue «O Marchador» deu conta [aqui] do lamentável incidente (e das responsabilidades inerentes) que constituiu a não homologação da marca, para efeitos do mínimo olímpico, de Daniela Cardoso (1.34.13).
 
Nas outras provas disputadas, e em resumo, Ana Cabecinha, do CO Pechão (Algarve), a participar extra-campeonatos, destacou-se ao obter praticamente em «contra-relógio» 1.07.40 aos 15 km (apesar de ter melhores registos intermédios em provas de 20 km), com 45.02 na passagem dos 10 km. Ainda nos 15 km, Daniela Cardoso foi cronometrada na passagem em 1.11.25 (10 km, 47.46) enquanto Susana Feitor terminava a distância com 1.14.39 (10 km, 49.40), ambas as atletas em representação do Leiria MA.
 
Nos 30 km femininos «extra», distância não oficial do programa do atletismo, Inês Henriques, do CN Rio Maior, obteve 2.24.25, com 47.45 e 1.35.07 nas passagens dos 10 e 20 km respectivamente.
 
Nos 20 km masculinos «extra», o sub-23 João Martins, do CA Ferreira do Zêzere, foi o primeiro a cortar a meta, com 1.34.12, sendo seguido na classificação por Cristiano António, do AC Vermoil, com 1.36.57 (47.45 aos 10 km), e Paulo Afonso, do GA Fátima, com 1.51.16.
 
Referência ainda para a prova de 10 km masculinos, vencida pelo atleta júnior (extra-campeonato) Vítor Ramos, do SL Benfica, com 47.24.
 
O Marchador
 

Periodicidade Diária

quinta-feira, 20 de junho de 2019 – 16:01:51

Pesquisar

Vamos ajudar a Oksana

Maryna Sribnyak
IBAN: PT50 0035 0614 0000 9327 930 65
SWIFT: CGDIPTPL
clicar na imagem para saber mais

publicidade

Atenção! Este portal usa cookies. Ao continuar a utilizar o portal concorda com o uso de cookies. Saber mais...