18 anos ao serviço do Desporto em Portugal

publicidade

 

Notícias

Galinheiras vai organizar a 23.ª edição do Grande Prémio

 

O Centro de Atletismo das Galinheiras leva a efeito este sábado, na pista da Alta de Lisboa (junto ao eixo norte-sul, saída Ameixoeira), a partir das 14.00 horas, mais uma edição do grande prémio de marcha atlética (15.ª Légua C.A.G.), um dos mais participados eventos da especialidade no nosso país.
 
A competição é destinada a todos os escalões etários, incluindo, ainda, a realização de uma prova específica para portadores de deficiência cognitiva. Até ao momento estavam inscritos 167 atletas, em representação de 28 clubes, provenientes de 10 associações distritais, contando-se ainda com duas delegações espanholas.
 
Com tal número de inscritos, e vários atletas a tentar assegurar, desde já, marcas que lhes possibilitem o acesso a campeonatos nacionais, principalmente os das camadas jovens, é recomendável – acrescentaríamos, quase obrigatório – que a Associação de Atletismo de Lisboa, entidade que garante o fornecimento dos juízes, tenha em conta o número previsível de atletas participantes, minimizando-se o mais possível, a ocorrência de falhas (voltas, tempos, etc, etc), tendo em conta que haverá provas a serem disputadas simultaneamente e em pistas separadas.
 
De acordo com o regulamento, haverá prémios individuais para os dez primeiros de cada escalão, prémios surpresa para os vencedores absolutos das provas de 5.000 metros (masculinos e femininos) e lembranças a todos os participantes na prova especial para deficientes, bem como taças para as dez primeiras equipas da geral colectiva.
 
Uma das boas ideias postas em prática pelo clube presidido por José Henriques, também treinador, é a de atribuir um prémio especial com o seu nome aos melhores tecnicistas dos escalões mais jovens, incentivando a prática de uma marcha segura e tecnicamente de acordo com o regulamentado.
 
No CAG têm surgido regularmente atletas com potencialidades para a prática da marcha atlética e que bons resultados obtêm nas principais competições nacionais, principalmente nas camadas mais jovens, obtendo medalhas em campeonatos nacionais da especialidade.
 
José Henriques é o principal obreiro dessa “cantera” deixando um desejo na página do facebook do clube: “Espero que seja uma prova do agrado de todos. Sabemos que não é fácil organizar uma prova destas e principalmente nos tempos que correm”.
 
Termina convidando atletas, treinadores e dirigentes para um lanche após as provas, nas instalações do clube, onde se procederá à entrega de prémios numa jornada que espera, seja de grande confraternização.
 
O Marchador

Periodicidade Diária

sábado, 13 de julho de 2024 – 18:46:10

Pesquisar

Como comprar fotos

publicidade

Atenção! Este portal usa cookies. Ao continuar a utilizar o portal concorda com o uso de cookies. Saber mais...