14 anos ao serviço do Desporto em Portugal

publicidade

 

Notícias

Bird-Smith e Sun imperaram na jornada 2 da Taça Wuzhong

A segunda jornada da Taça Wuzhong, «Volta ao Taihu», disputada na manhã chinesa desta segunda-feira, teve no australiano Dane Bird-Smith um novo vencedor de etapas masculino e na chinesa Huanhuan Sun a ganhadora repetente da prova da véspera. Competindo em duas voltas a um circuito de seis quilómetros (totalizando 12 km), Bird-Smith registou 47.48 m, enquanto Sun averbava 52.43 m.
 
 
A prova masculina teve desta vez uma classificação sem atletas «da casa» nos primeiros lugares, já que o pódio do dia foi completado pelo russo Petr Trofimov (48.05) e pelo ucraniano Ihor Hlavan (48.10). Só depois de Andriy Kovenko (Ucrânia, 48.18) e de Evan Dunfee (Canadá, 48.25) se classificaria o primeiro chinês, Wenkui Gao, sexto classificado, com 48.32, menos dois segundos que o vencedor do primeiro dia, Ding Chen (China), 48.34 m. No entanto, o campeão olímpico ficou com este resultado após penalização de 60 segundos devido a duas notas de desclassificação.
 
 
No sector feminino, tudo pareceu mais equilibrado, mantendo-se o domínio de Huanhuan Sun, a impor-se à ucraniana Lyudmyla Olyanovska (52.45) por dois segundos. Yongbo Hou (China) foi a terceira classificada, com 52.55 m, depois de no primeiro dia ter registado um desempenho discreto, posicionada muito longe das primeiras.
 
 
Igualmente a espanhola Raquel González, quarta, com 53.18 m, melhorou em relação à véspera, ainda que apenas um lugar.
 
 
A melhor das portuguesas voltou a ser Inês Henriques, outra vez sétima classificada (53.54). Susana Feitor posicionou-se no 12.º lugar, com 54.48 m.
 
 
Apesar de desempenhos individuais menos espectaculares, as duas melhores equipas masculinas chinesas tiveram benefício na classificação geral, com a China 1 (de Ding Chen) a aumentar a vantagem na liderança em 11 segundos sobre a Alka 1 (de Bird-Smith, Heffernan e Tisse), ao passo que a China 2 (de Wenkui Gao) se aproximou um pouco do segundo lugar, de que dista agora apenas cinco segundos (na véspera, 22 segundos de diferença).
 
 
Nas senhoras, a China 1 (de Dandan Duan e Huanhuan Sun) aumentou de forma clara a vantagem na frente, agora cifrada em 6.04 minutos, quase o dobro do avanço do primeiro dia sobre a segunda formação, Polónia-Portugal-Espanha. Já o terceiro lugar mudou de mãos, com a Rússia a ceder a posição à China 2 (de Yefang Ji), agora a 34 segundos do misto que a precede.
 
 
Esta foi mais uma jornada com grande adesão de atletas, demonstrada pela quantidade de autocarros que conduziram os participantes ao local da prova. Os mesmos participantes que, chegados ao local da partida, realizaram aquecimento em grandes grupos, formando uma mancha de centenas de atletas, organizados em fila indiana e por cores de equipamento, sendo sobretudo iniciados e juvenis.
 
 
Assinale-se que a logística (transportes) está a cargo dos municípios onde as diferentes etapas vão tendo lugar, tal como já sucedera com a mobilização de participantes na caminhada integrada no programa da jornada de domingo.
 
 
Na terceira jornada, a tirada será em linha, com a distância de 10 km, cumpridos num percurso paralelo à margem do lago Taihu no município de Dongshan. De novo os juízes farão uso de «sidecars» para se deslocarem entre postos de observação, desta vez tendo o francês Jean-Pierre Dahm como juiz-chefe.
 
 
Resta agora esperar para ver se, desta feita, se dará pela presença do campeão europeu Miguel Ángel López, que tem andado muito discreto, em lugares bem recuados nas classificações já divulgadas.
 
 
Classificações
 

12 km masculinos
1.º, Dane Bird-Smith (Austrália), 47.49
2.º, Petr Trofimov (Rússia), 48.05
3.º, Ihor Hlavan (Ucrânia), 48.10
4.º, Andriy Kovenko (Ucrânia), 48.18
5.º, Evan Dunfee (Canadá), 48.25
6.º, Wenkui Gao (China), 48.32
7.º, Ding Chen (China), 48.34
8.º, Quentin Rew (Nova Zelândia), 48.41
9.º, Yadong Luo (China), 48.42
10.º, Wei Yu (China), 48.45
11.º, Federico  Tontodonati  (Itália), 48.56
12.º, Guanyu Su (China), 48.57
(79 participantes)
 
 
Por equipas
1.ª, China 1 (Ding Chen, Tianlei Li, Guanyu Su, Hang Zhang), 4.48.22
2.ª, Alka 1 (Robert Heffernan, Dane Bird-Smith, Erik Tisse), 4.52.54
3.ª, China 2 (Jie Jiang, Yadong Luo, Sichao Xie, Wenkui Gao), 4.52.59
4.ª, Beastmode (Chris Ericson, Evan Dunfee, Quentin Rew), 4.53,17
5.ª, Ucrânia (Andriy Kovenko, Igor Hlavan, Nazar Kovalenko), 4.53.28
(18 equipas classificadas)
 
 
12 km femininos
1.ª, Huanhuan Sun (China), 52.43
2.ª, Lyudmyla Olyanovska (Ucrânia), 52.45
3.ª, Yongbo Hou (China), 52.55
4.ª, Raquel Gonzalez (Espanha), 53.18
5.ª, Yefang Ji (China), 53.21
6.ª, Tatiana Sibileva (Rússia), 53.37
7.ª, Inês Henriques (Portugal), 53.54
8.ª, Yingqiu Su (China), 54.08
9.ª, Agnieszka Dygacz (Polónia), 54.17
10.ª, Lijuan Xie (China), 54.27
11.ª, Xuhong Zhang (China), 54.41
12.ª, Susana Feitor (Portugal), 54.48
(37 participantes)
 

Por equipas
1.ª, China 1 (Dandan Duan, Yongbo Hou, Huanhuan Sun, Lijuan Xie), 5.17.16
2.ª, Polónia-Portugal-Espanha (Agnieszka Dygacz, Susana Feitor, Raquel González), 5.23.20
3.ª, China 2 (Yefang Ji, Mowen Pei, Yingqiu Su, Xuhong Zhang), 5.23.54
4.ª, Rússia (Lina Bikulova, Evdokiya Korotkova, Irina Shushina, Tatiana Sibileva), 5.34.20
5.ª, Portugal-Hungria-Bielorrússia-Espanha (Inês Henriques, Viktoria Madarasz, Natassia Yatsevich, Ainhoa Pinedo), 5.34.20
(8 equipas classificadas)
 
 
O Marchador

Periodicidade Diária

domingo, 20 de outubro de 2019 – 13:51:55

Pesquisar

Vamos ajudar!

Como comprar fotos

publicidade

Atenção! Este portal usa cookies. Ao continuar a utilizar o portal concorda com o uso de cookies. Saber mais...