14 anos ao serviço do Desporto em Portugal

publicidade

 

Notícias

Kristina Saltanovic e Pedro Isidro triunfam nas Galinheiras

Teve pouca história a luta pela vitória nos 5000 m femininos do 22.º Grande Prémio (14.ª Légua) de Marcha Atlética das Galinheiras, realizado este sábado na Pista de Atletismo Prof. Mário Moniz Pereira, na Alta de Lisboa. Com a lituana Kristina Saltanovic a destacar-se logo ao tiro de partida, definindo-se nesse momento quem iria vencer a prova, ficava a emoção reservada para a luta pelos lugares seguintes, onde se posicionavam  Sofia Avoila (JO Monte Abraão, veterana I), Daniela Cardoso (Leiria MA, sénior), Mara Ribeiro (CN Rio Maior, júnior), Alexandra Lamas (C Condeixa, veterana II) e Mariana Mota (SL Benfica, júnior). Ainda no primeiro quilómetro, Daniela Cardoso viria a isolar-se na perseguição a Kristina Saltanovic, ganhando vantagem crescente sobre as concorrentes directas mas não deixando de ver crescer até perto de 90 metros a distância para a lituana.
 
 
Pouco depois, Mara Ribeiro isolou-se na terceira posição, que não mais perderia até final, garantindo também o primeiro lugar nas juniores, com 24.37,2 m. Era o momento em que as seis primeiras ficavam todas separadas, com Mariana Mota adiante de Alexandra Lamas e de Sofia Avoila. No entanto, a marchadora do Benfica acabaria por revelar uma segunda parte menos boa, terminando em 25.26,0 m e passada pelas duas veteranas. Destas, a atleta agora regressada ao Clube de Condeixa terminou com uma marca (24.55,5) que andará a rondar o recorde pessoal, enquanto a antiga campeã europeia de juniores, mesmo terminando acima dos 25 minutos (25.24,5), patenteou um nível de desempenho que há muito não se lhe via.
 
 
Mais para trás, Maria Orlete Mendes (CA Galinheiras) era sétima da general e primeira das veteranas IV, com 30.41,2 m, e Teresa Mendes (Clube de Veteranos), a recuperar de grave acidente de trabalho, impunha-se nas veteranas III, com 33.24,0 m, que correspondeu ao 11.º lugar da classificação conjunta.
 
 
A prova masculina da mesma distância acabou por ser um pouco mais emotiva, com Pedro Isidro (SL Benfica), Miguel Carvalho (CN Rio Maior) e o norte-americano John Cody Risch (CA Galinheiras) a formarem um trio isolado durante quase todo o primeiro quilómetro. Após os mil metros de prova, os dois portugueses descolaram o norte-americano, que, ainda assim, foi capaz de conservar o terceiro posto até à meta. Quanto à vitória, ficou a pender para o benfiquista (20.36,2) pouco antes dos 2000 metros, momento em que Pedro Isidro impôs um ritmo mais forte. Miguel Carvalho (20.48,5) manteve o ritmo que imprimira nas voltas iniciais e geriu o esforço para concluir no segundo lugar.
 
 
Na mesma fase em que Isidro se isolava na frente, um quarteto mantinha-se em conjunto atrás dos três primeiros. Hélder Santos (Gira Sol, júnior) e os serranos Pedro Marcelo Santos, Pedro Martins e Rui Coelho, todos do C.A. Seia, mantinham animado despique, com os dois últimos a largarem os companheiros cerca de meio da prova. Já no quilómetro final, Pedro Martins jogou a carta decisiva e reservou para si o quarto posto (21.40,0), ao passo que Pedro Marcelo Santos (21.41,7) reagia e passava a título definitivo o colega de equipa Rui Coelho (21.45,2).
 
 
Entretanto, Hélder Santos abandonava, deixando o primeiro lugar dos juniores para o rio-maiorense Miguel Rodrigues (22.48,4), que até aí estivera sempre a par do colega do Gira Sol ou pouco atrás dele.
 
 
Nos veteranos, com uma miríade de subescalões, nota ainda para as vitórias de Paulo Ramos (CA Galinheiras, 27.30,8) no escalão II, de Leonardo Toro (CA Extremadura, 22.25,0) no escalão III, de Francisco Reis (CA Galinheiras, 24.29,0) no escalão IV e do «dono do jogo» José Henriques (CA Galinheiras, 27.40,5) no escalão VI (3000 metros).
 
 
Entre os mais novos, Catarina Anastácio (LAFM - Learntogether, 25.28,3) triunfou nos 5000 m para juvenis femininos, enquanto, no mesmo escalão, Vítor Ramos (SL Benfica, 25.08,8) triunfava nos 5000 masculinos. Júlio Teran (LAFM - Learntogether, 14.41,0) e Inês Reis (GCA Donas, 16.39,1) ganharam nos 3000 m iniciados, o mesmo fazendo Catarina Santos (ACR Mealhada, 10.29,4) e Émile Salier (ADEC Tunes, 12.10,0) nos 2000 m dos infantis. Nos 1000 metros para benjamins ganharam Ruben Pina (ACR Mealhada, 6.37,0 subescalão A), Nádia Silva (ADEC Tunes, 6.47,0, subescalão A), Leandro Francisco (CA Galinheiras, 5.19,0, subescalão B) e Catarina Torres (LAFM - Learntogether, 4.57,0, subescalão B).
 
 
No desporto especial, com provas de 2000 metros, houve curiosas variações em relação a 2013. Nos femininos, as duas primeiras de há um ano trocaram de posição, com Ana Borgas (APPACDM-Santarém, 14.24,4) desta vez a impor-se a Maria Adelaide Mata (APPACDM-Santarém, 16.05,0), enquanto Laura Sousa (GD São Domingos, 18.10,9) repetia o terceiro lugar de há um ano; já nos masculinos, Bruno Leitão (APPACDM-Santarém, 14.02,0) passou de segundo a primeiro, seguido dos colegas de equipa André Silva (15.29,0) e Rogério Lopes (16.21,0). Terminaram ainda Paula Silva (GDS Domingos, 19.22,0) e Miquelina Paulo (APPACDM-Santarém, 19.34,0), nos femininos, e João Pedro Matos (APPACDM-Santarém, 19.13,0), nos masculinos.
 
 
O Grande Prémio de Marcha Atlética das Galinheiras, que teve 161 atletas participantes, em representação de 30 formações, foi este ano designado Troféu Alexandra Lamas, em homenagem a uma das atletas do clube que mais se notabilizaram nos últimos anos, com vários títulos conquistados no escalão de veteranos em campeonatos europeus e mundiais.
 
 
Pela negativa, registe-se os problemas, e foram vários, relacionados com a contagem de voltas e tempos de chegadas em várias provas, situação recorrente que, pese embora a colaboração dos juízes presentes, manchou o evento, com responsabilidades a serem atribuídas por inteiro à Associação de Atletismo de Lisboa e ao seu Conselho de Arbitragem pela mais do que deficiente gestão na matéria (o resultado está bem à vista)!
 
 
Classificações (provisórias)
 

5.000 m juniores, seniores e veteranos masculinos
1.º, Pedro Isidro, 1985 (SL Benfica), 20.36,2 - 1.º, sénior
2.º, Miguel Carvalho, 1994 (CN Rio Maior), 20.48,5 - 2.º, sénior
3.º, John Cody Risch, 1990 (CA Galinheiras), 21.24,1 - 3.º, sénior
4.º, Pedro Martins, 1968 (CA Seia), 21.40,0 - 4.º, sénior
5.º, Pedro Marcelo Santos, 1986 (CA Seia), 21.41,7 - 5.º, sénior
6.º, Rui Coelho, 1994 (CA Seia), 21.45,2 - 6.º, sénior
7.º, Leonardo Toro, 1967 (CA Extremadura - Espanha), 22.25,0 - 1.º, vet.III
8.º, Leo Romero Iria, 1983 (CA Galinheiras), 22.26,9 - 7.º, sénior
9.º, Amaro Teixeira, 1989 (SC Braga), 22.42,3 - 8.º, sénior
10.º, Miguel Rodrigues, 1996 (CN Rio Maior), 22.48,4 - 1.º, júnior
11.º, Samuel Pereira, 1993 (CA Seia), 23.18,3 - 9.º, sénior
12.º, Pedro Santos, 1992 (J Vidigalense), 23.29,4 - 10.º, sénior
13.º, Luís Pássaro, 1994 (GCA Donas), 23.55,3 - 11.º, sénior
14.º, Francisco Reis, 1960 (CA Galinheiras), 24.29,0 - 1.º, vet.IV
15.º, Paulo Cunha, 1969 (CA Galinheiras), s/t - 2.º, vet.III
16.º, Paulo Afonso, 1995 (Sporting CP), 25.56,6 - 2.º, júnior
17.º, Carlos Paiva, 1969 (CA Galinheiras), 26.21,9 - 3.º, vet.III
18.º, Henrique dos Santos, 1965 (GD Diana), 26.39,0 - 4.º, vet.III
19.º, Paulo Ramos, 1969 (CA Galinheiras), 27.30,8 - 1.º, vet.II
20.º, Peter Gomez, 1996 (CA Galinheiras), 29.09,9 - 3.º, júnior
21.º, João Rodrigues, 1959 (ADEC Tunes), 30.06,5 - 2.º, vet.IV
22.º, Joaquim Leitão, 1956 (GDS Domingos), 30.55,2 - 3.º, vet.IV
23.º, Antonio Márquez, 1961 (CA Extremadura - Espanha), 31.43,2 - 4.º, vet.IV
24.º, José Duarte, 1972 (CD Quarteira), 37.19,1 - 2.º, vet.II
Desistentes: Miguel Periáñez, 1962 (CA Extremadura - Espanha), vet.IV; e Hélder Santos, 1996 (Gira Sol), júnior.
 
 
5.000 m juniores, seniores e veteranos femininos
1.ª, Kristina Saltanovic, 1975 (Lituânia), 22.56,7 - 1.ª, sénior
2.ª, Daniela Cardoso, 1991 (Leiria Marcha Atlética), 23.19,3 - 2.ª, sénior
3.ª, Mara Ribeiro, 1995 (CN Rio Maior), 24.37,2 - 1.ª, júnior
4.ª, Alexandra Lamas, 1972 (Clube de Condeixa), 24.55,5 - 1.ª, vet.II
5.ª, Sofia Avoila, 1976 (JO Monte Abraão), 25.24,5 - 1.ª, vet.I
6.ª, Mariana Mota, 1995 (SL Benfica), 25.26,0 - 2.ª, júnior
7.ª, Maria Orlete Mendes, 1951 (CA Galinheiras), 30.41,2 - 1.ª, vet.IV
8.ª, Susan Mota, 1970 (C Benfica Abrantes), 32.03,3 - 2.ª, vet.II
9.ª, Rute Lourenço, 1974 (CP Corroios), 32.25,8 - 3.ª, vet.II
10.ª, Teresa Sousa, 1974 (GDS Domingos), 32.58,9 - 2.ª, vet.I
11.ª, Teresa Mendes, 1964 (Clube Vet. Coimbra), 33.24,0 - 1.ª, vet.III
12.ª, Maria José Dias, 1965 (GDS Domingos), 33.50,0 - 2.ª, vet.III
13.ª, Felicidade Rosa, 1979 (CA Galinheiras), 34.00,7 - 3.ª, vet.I
14.ª, Helena Rodrigues, 1960 (ADEC Tunes), 34.07,1 - 3.ª, vet.III
15.ª, Sandra Silva, 1972 (CA Galinheiras), 35.16,5 - 4.ª, vet.II
 
 
Pódios de outros escalões
 

1.000 m benjamins A masculinos
1.º, Ruben Pina, 2005 (ACR Mealhada), 6.37,0
2.º, Maksim Todyrynchuk, 2008 (ADEC Tunes), 9.14,0
 
 
1.000 m benjamins A femininos
1.ª, Nádia Silva, 2005 (ADEC Tunes), 6.47,0
2.ª, Mariana Pardal, 2006 (CD Quarteira), 6.58,0
3.ª, Beatriz Monteiro, 2006 (CA Galinheiras), 7.01,0
 
 
1.000 m benjamins B masculinos
1.º, Leandro Francisco, 2003 (CA Galinheiras), 5.19,0
2.º, Xavier Bolotinha, 2003 (CD Quarteira), 5.40,0
3.º, Guilherme Rodrigues, 2004 (Casa Concelho Almeida), 6.01,0
 
 
1.000 m benjamins B femininos
1.ª, Catarina Torres, 2003 (LAFM - Learntogether - Ass.), 4.57,0
2.ª, Inês Mendes, 2003 (CN Rio Maior), 5.18,0
3.ª, Jessica Santiago, 2003 (LAFM - Learntogether - Ass.), 5.54,0
 
 
2.000 m infantis masculinos
1.º, Emile Salier, 2002 (ADEC Tunes), 12.10,0
2.º, Artur Baran, 2001 (ADEC Tunes), 12.12,0
3.º, Edgar Gregório, 2002 (SC Reboleira/Damaia), 12.13,0
 
 
2.000 m infantis femininos
1.ª, Catarina Santos, 2001 (ACR Mealhada), 10.29,4
2.ª, Ana Azevedo, 2001 (LAFM - Learntogether - Ass.), 10.46,5
3.ª, Inês Pinto, 2001 (SC Reboleira/Damaia), 12.04,6
 
 
3.000 m iniciados masculinos
1.º, Júlio Teran, 1999 (LAFM - Learntogether - Ass.), 14.41,0
2.º, Sidney Santos, 1999 (CA Galinheiras), 15.16,0
3.º, Ricardo Bernardino, 1999 (CP Corroios), 15.37,1
 
 
3.000 m iniciados femininos
1.ª, Inês Reis, 1999 (GCA Donas), 16.39,1
2.ª, Renata Barry, 1999 (LAFM - Learntogether - Ass.), 17.09,2
3.ª, Catarina Santos, 2000 (CP Corroios), 17.18,2
 
 
5.000 m juvenis masculinos
1.º, Vítor Ramos, 1997 (SL Benfica), 25.08,8
2.º, Rodrigo Rodrigues, 1998 (Casa Concelho Almeida), 26.53,4
3.º, André Antunes, 1997 (CP Corroios), 27.30,3
 
 
5.000 m juvenis femininos
1.ª, Catarina Anastácio, 1997 (LAFM - Learntogether - Ass.), 25.28,3
2.ª, Mafalda Marques, 1997 (CP Corroios), 30.15,7
3.ª, Rafaela Sancadas, 1998 (CD Quarteira), 32.24,1
 
 
3.000 m veteranos VI masculinos
1.º, José Henriques, 1939 (CA Galinheiras), 27.40,5
 
 
2.000 m desporto especial masculinos
1.º, Bruno Leitão, 1980 (APPACDM - Santarém), 14.02,0
2.º, André Silva, 1983 (APPACDM - Santarém), 15.29,0
3.º, Rogério Lopes, 1966 (APPACDM - Santarém), 16.21,0
 
 
2.000 m desporto especial femininos
1.ª, Ana Borgas, 1976 (APPACDM - Santarém), 14.24,4
2.ª, Maria Adelaide Mata, 1966 (APPACDM - Santarém), 16.05,0
3.ª, Laura Sousa, 1997 (GDS Domingos), 18.10,9
 

Classificação colectiva
1.ª, CA Galinheiras, 145 pontos
2.ª, ADEC Tunes, 94
3.ª, LA F. Mariano - Learntogether, 85
4.ª, CD Quarteira, 65
5.ª, GD São Domingos, 54
6.ª, CN Rio Maior, 43
7.ª, CP Corroios, 41
8.ª, ACR Mealhada, 39
9.ª, SL Benfica, 29
10.ª, CA Extremadura - Espanha, 23
30 equipas participantes
 
 
O Marchador

Periodicidade Diária

quarta-feira, 18 de setembro de 2019 – 23:49:05

Pesquisar

Vamos ajudar!

Como comprar fotos

publicidade

Atenção! Este portal usa cookies. Ao continuar a utilizar o portal concorda com o uso de cookies. Saber mais...