13 anos ao serviço do Desporto em Portugal

publicidade

 

Notícias

Luís Silva (12.25,93) a 13 centésimos do recorde mundial (M40)

Luís Silva, 42 anos de idade, atleta da Juventude Vidigalense (Leiria), protagonizou a expressiva marca de 12.25,93 na prova de 3.000 metros marcha dos Campeonatos Nacionais de Veteranos de Pista Coberta (ANAV), realizados no passado domingo em Pombal, ficando a escassos 13 centésimos de segundo do recorde mundial da categoria de 40-44 anos, na posse do sueco Bengt Bengtsson (12.25,80) e estabelecido em 2004, em Sindelfingen, na Alemanha.

Apesar de gorada a tentativa de obtenção do referido máximo mundial, o atleta viu recompensado o seu esforço com um novo recorde nacional da categoria, que já lhe pertencia desde Dezembro de 2010, com 12.27,04 obtidos também em Pombal.

Nas senhoras, cuja prova foi em conjunto com os homens, Maria Alice Fernandes, 60 anos (GD Lourocoop, Aveiro), destacou-se das suas adversárias e registou 16.42,46, marca que fixa o recorde nacional da faixa etária de 60-64 anos.

As marcas obtidas por Maria Alice e Luís Silva correspondem a 86.04 % e 90.76 % respectivamente, percentagens apuradas por «O Marchador» segundo as tabelas graduadas, por idade, da Associação Mundial de Veteranos.

Abrem-se assim boas perspectivas para estes dois atletas, já detentores de várias medalhas internacionais, em vésperas da sua participação nos Campeonatos da Europa de Pista Coberta para Veteranos, a realizar em San Sebastian, Espanha, de 19 a 24 de Março.

De notar ainda a valorização acima dos 80% das marcas efectuadas por Maria Orlete Mendes, 61 anos (18.00,91 - 80.67%), Carlos Carmino, 55 anos (15.27,84 – 81.36%) e Rogério Filipe, 54 anos (15.17,56 – 81.54%).

15 atletas tomaram parte nas provas de marcha dos campeonatos (10 masculinos e 5 femininos), oriundos de Aveiro (5), Leiria (2), Lisboa (5), Porto (2), Santarém (1).

Resultados
(com a % da tabela de graduação)


3.000 metros masculinos
1.º, Luís Silva, 1970 (J Vidigalense), 12.25,93 - 1.º, M40 (90.76 %)
2.º, Jaime Santos, 1972 (GD Lourocoop), 14.08,75 - 2.º, M40 (78.52 %)
3.º, Carlos Paiva, 1969 (CA Galinheiras), 14.31,59 - 3.º, M40 (78.29 %)
4.º, Rogério Filipe, 1959 (CP Alcanena), 15.17,56 - 1.º, M50 (81.54 %)
5.º, Carlos Carmino, 1957 (Leiria MA), 15.27,84 - 1.º, M55 (81.36 %)
6.º, Vítor Araújo, 1974 (NA Cucujães), 15.53,15 - 1.º, M35 (68.86 %)
7.º, Joaquim Leitão, 1956 (GDS Domingos), 17.54,55 - 2.º, M55 (71.55 %)
Desclassificados: António Santos, 1961 (NA Cucujães) - M50, Luís Machado, 1943 (Galp Energia) - M65 e Auspício Fernandes, 1942 (Santander) - M70.


3.000 metros femininos
1.ª, Maria Alice Fernandes, 1952 (GD Lourocoop), 16.42,26 - 1.ª, W60 (86.04 %)
2.ª, Maria Orlete Mendes, 1951 (CA Galinheiras), 18.00,91 - 2.ª, W60 (80.67 %)
3.ª, Eugénia Fernandes, 1969 (CA Galinheiras), 18.50,50 - 1.ª, W40 (65.40 %)
4.ª, Maria José Dias, 1965 (GDS Domingos), 21.40,37 - 1.ª, W45 (58.73 %)
5.ª, Natália Santos, 1970 (GD Lourocoop), 21.46,56 - 2.ª, W40 (56.14 %)
 
O Marchador  

Periodicidade Diária

segunda-feira, 20 de maio de 2019 – 13:11:47

Pesquisar

Vamos ajudar a Oksana

Maryna Sribnyak
IBAN: PT50 0035 0614 0000 9327 930 65
SWIFT: CGDIPTPL
clicar na imagem para saber mais

Reportagens fotográficas em preparação

- Lisboa Belém Open

publicidade

Atenção! Este portal usa cookies. Ao continuar a utilizar o portal concorda com o uso de cookies. Saber mais...