Luís Gil, Ana Cabecinha e João Vieira, campeões nacionais de estrada

Começava a cair a noite na cidade do Montijo, neste sábado com agradável sol de Inverno, quando Luís Gil cortou a meta dos Campeonatos Nacionais de Marcha em Estrada para se sagrar pela primeira vez campeão nacional de 50 km marcha. Em 29 edições da prova, o atleta do Clube Sport Marítimo tornava-se dessa forma o oitavo a inscrever o nome na lista de campeões portugueses na mais longa distância olímpica do atletismo.

Numa prova dominada de princípio a fim pelos atletas espanhóis que aqui disputavam também os respectivos campeonatos nacionais, foi o consagrado Mikel Odriozola quem começou por se destacar, comandando isolado até aos 23 quilómetros de competição. Durante essa fase, os mais próximos foram sendo os compatriotas Claudio Villanueva e Luis Corchete e o português António Pereira (ACR Estrela de Baguim), grupo que se formou ainda na primeira meia hora de prova. Mais para trás, Dionísio Ventura (FAMA Ferreira do Alentejo) e Luís Gil, revelavam desempenho mais cauteloso, tal como Pedro Martins (CA Seia), um pouco mais atrasado.

A aproximação do meio da prova foi marcante para o desfecho classificativo. Aos 24 km, Claudio Villanueva já passava na frente, com uma vantagem de quase cem metros e reveladora também de um desgaste acumulado por Odriozola até aí. Era ainda a fase em que Ventura e Gil alcançavam António Pereira, mas este entraria logo de seguida em quebra irremediável, atrasando-se primeiro e desistindo pouco depois.

Não duraria muito mais a resistência de Dionísio Ventura, que acabaria por deixar Luís Gil encaminhado para um primeiro título nacional, em 4.12.31 h, enquanto Pedro Martins se aproximava até alcançar e segurar o segundo lugar em que cortaria a meta (4.18.39), não sem que surgissem dúvidas sobre se os dois primeiros portugueses não teriam sido obrigados a dar uma volta a mais. O marchador alentejano seria então o terceiro português a terminar (oitavo na geral), com 4.25.34 h.

Menos meia hora gastou Claudio Villanueva, também ele pela primeira vez campeão de Espanha, creditado com 3.55.13 h, no final de uma competição em que se mostrou sempre mais à vontade que os companheiros de prova. Nascido no Equador, o novo campeão espanhol é orientado pelo ex-treinador nacional de marcha de Espanha, José Marín.

Odriozola conseguiria, apesar de tudo, garantir o segundo lugar, com cinco segundos acima das quatro horas, enquanto José Ignácio Díaz fechava o pódio espanhol, com 4.12.36 h.

Começada bem mais tarde mas, naturalmente, terminada mais cedo, a prova feminina de 20 km oferecia à partida a expectativa sobre quem, entre Inês Henriques (CN Rio Maior) e Ana Cabecinha (CO Pechão) iria conquistar mais um título nacional. Expectativa que se manteve por muitos e bons quilómetros, enquanto Kristina Saltanovic (Lituânia) se isolava no terceiro lugar, depois de duas voltas iniciais (1000 metros cada) na companhia de Vera Santos (Sporting CP).

Com grande regularidade de ritmo e demonstrando claro à-vontade, as duas favoritas cumpriram as duas primeiras léguas em 22.46 m e 22.44 m, passando ainda juntas aos 15 quilómetros, com novo trecho em 22.49 m. Pouco depois, após os 16 quilómetros, forçou Ana Cabecinha na frente, isolando-se, e fraquejou Inês Henriques, atrasando-se. Foi a melhor fase da algarvia e a pior da ribatejana, mas ambas terminaram com registos consideráveis: 1.30.49 h para Ana Cabecinha e 1.31.25 h para Inês Henriques. A fechar o pódio do campeonato, Vera Santos resistiu às agruras da competição e terminou com 1.34.56 h, atrás ainda de Kristina Saltanovic, que, participando extracampeonato, viria a registar 1.33.41 h.

Referência ainda para o duelo entre Daniela Cardoso (Leiria Marcha Atlética) e Sandra Silva (Gira Sol - Ramos Catarino), separadas na meta por apenas 18 segundos (respectivamente, 1.45.15 e 1.45.33).

Mas o primeiro título da tarde entre os seniores seria disputado nos 20 km masculinos, prova onde a incerteza deu o tom quase até final. Com partida simultânea com a de 50 km (e a de 20 km juniores masculinos), a prova teve no sportinguista João Vieira e nos benfiquistas Sérgilo Vieira e Pedro Isidro um trio que quase sempre se manteve junto até aos 15 quilómetros.

Foi no final dessa terceira légua que o atleta do Sporting marcou a superiridade que se lhe reconhece, acumulando até final, sem dificuldade, uma vantagem de 21 segundos, enquanto os marchadores do Benfica mantinham um ombro-a-ombro que se desfez apenas nos metros finais. João Vieira terminou com 1.26.36 h e assegurava, assim, a alternância que mantém com o irmão nos campeonatos de estrada de 20 km, vencendo nos anos ímpares (2009, 2011 e 2013). Sérgio Vieira, que tem ganho nos anos pares (2010 e 2012), foi desta vez segundo (1.26.57), com menos um segundo que o companheiro Pedro Isidro.

Resultados

20 km masculinos
1.º, João Vieira (Spoting CP), 1.26.36
2.º, Sérgio Vieira (SL Benfica), 1.26.57
3.º, Pedro Isidro (SL Benfica), 1.26.58
4.º, Cristiano António (AC Vermoil), 1.33.46
5.º, Duarte Dias (ADR Água de Pena), 1.39.14
6.º, Samuel Pereira (CA Seia), 1.42.38
7.º, Pedro Santos (SL Benfica), 1.44.15
8.º, Amaro Texeira (GCA Donas), 1.48.42
9.º, André Pagaime (GDP Chão Duro), 1.51.17
10.º, Eduardo Cardoso (CCD Ribeirão), 1.54.49
Desistentes: Nuno Santos (Sporting CP), Ricardo Fernandes (J Vidigalense) e Bruno Pedro (GA Casais do Vento).
Desclassificado: Julián Iglesias (Espanha).

20 km femininos
1.ª, Ana Cabecinha (CO Pechão), 1.30.49
2.ª, Inês Henriques (CN Rio Maior), 1.31.25
extra, Kristina Saltanovic (Lituânia), 1.33.41
3.ª, Vera Santos (Sporting CP), 1.34.56
4.ª, Daniela Cardoso (Leiria MA), 1.45.15
5.ª, Sandra Silva (Gira Sol-RC), 1.45.33
6.ª, Vitória Oliveira (SL Benfica), 1.47.29
7.ª, Liliana Martins (GCA Donas), 1.53.56
8.ª, Andreia Francisco (CB Faro), 2.12.15
9.ª, Anabela Moreira (CD Quarteira), 2.13.32
10.ª, Isa Patrício (CD Quarteira), 2.21.11
11.ª, Natacha Domingos (CD Quarteira), 2.23.03
Desistentes: Nádia Cancela (SL Benfica), Sofia Oliveira (GCA Donas), Ana Amaro (CP Corroios) e Joana Fortuna (CS Gaia).
Desclassificada: Tânia Alves (J Vidigalense).

50 km
1.º, Luís Gil (CS Marítimo), 4.12.31
2.º, Pedro Martins (CA Seia), 4.18.39
3.º, Dionísio Ventura (FAMA Ferreira do Alentejo), 4.25.34
Extra, Christer Svensson (Suécia), 4.36.06
Desistente: António Pereira, Mário José Júnior (Brasil) e Samir Sabadin (Brasil)

50 km - Campeonato de Espanha
1.º, Claudio Villanueva, 3.55.13
2.º, Mikel Odriozola, 4.00.05
3.º, José Ignácio Diaz, 4.12.36
4.º, Ivan Pajuelo, 4.12.52
5.º, Rafael Ballesteros, 4.24.46
6.º, Roberto Rodriguez, 4.29.11
Desistentes: David Pueyo, José Puertas, Manuel Angueira e David Mateos.
Desclassificados: Juan Antonio Porras e Luís Manuel Corchete.
 
O Marchador  

Atenção! Este portal usa cookies. Ao continuar a utilizar o portal concorda com o uso de cookies. Saber mais...