Boas Festas

12 anos ao serviço do Desporto em Portugal

Notícias

8.000 participantes na Corrida de S. João

 

A animação que é característica dos eventos da Runporto foi inevitavelmente marcada pelos trágicos acontecimentos quem enlutaram o país e particularmente a zona do Distrito de Leiria.

 

Foi com um minuto de silêncio que antecedeu o tiro de partida que a Runporto, a Corrida de S. João Santander Totta, a Mini Corrida S. João Politécnico do Porto e os seus 8.000 participantes demonstraram o seu enorme pesar.

 

O tiro de partida foi dado por Aurora Cunha, madrinha da prova, acompanhada por Luís Costa, do Santander Totta iniciando a 18ª edição desta mítica corrida das festas da cidade do Porto.

 

Com uma linha da frente de enorme qualidade, com vários nomes de relevo a nível nacional e com a previsão de altas temperaturas, que levaram a organização a tomar um conjunto de medidas preventivas para a segurança e bem-estar dos participantes. Os abastecimentos foram reforçados e a presença dos Bombeiros Voluntário do Porto ao longo do percurso com o seu camião cisterna a refrescar os atletas.

 

Os 15 km da Corrida de São João Santander Totta tinham uma segunda passagem na zona de partida, aos 8 km, que permitiu perceber a forte competitividade do pelotão da frente e também como poderia ser composto o pódio final.

 

A meta, situada junto as Piscinas do Fluvial, foi cortada em primeiro lugar por Nuno Lopes, do Centro de Atletismo de Seia, que, nos últimos metros, ultrapassou o brasileiro Paulo Paula, que ficou na segunda posição. Os tempos de cada um revelam essa ultrapassagem final, com 46:08 e 46:09, respetivamente. Em terceiro lugar, Miguel Ribeiro, do Olímpico Vianense, fez o tempo de 46:38.

 

No setor feminino, Catarina Ribeiro cortou a fita da meta em primeiro lugar aos 50:55, seguida por Inês Monteiro, do Centro de Atletismo de Seia, com 52:07, e com Daniela Cunha, do Sporting C. P. a atingir a terceira posição com 53:00.

 

Entretanto já alguns milhares de participantes da Mini Corrida S. João Politécnico do Porto terminavam a sua caminhada.

 

A cerimónia de pódio contou com a participação da Drª Raquel Maia, da Porto Lazer e Câmara Municipal do Porto, Dr. Leite Maia, do Santander Totta, Dr. António Marques, do Politécnico do Porto, José Regalo, da Federação Portuguesa de Atletismo, e também de três figuras de destaque desta corrida. Jorge Gabriel, apresentador de televisão, Aurora Cunha, madrinha da prova, e Paulo Guerra, campeão Europeu de Crosse e medalha de bronze no mundial de 1999 e que correu esta prova com o dorsal nº 1.

 

A Corrida de S. João do Porto continua a ser um evento emblemático na cidade, com a principal prova de 15 km do país,  e serviu de arranque às festas de S. João da cidade Invicta. 


 

segunda-feira, 11 de dezembro de 2017 – 13:35:48

Pesquisar

Atenção! Este portal usa cookies. Ao continuar a utilizar o portal concorda com o uso de cookies. Saber mais...