14 anos ao serviço do Desporto em Portugal

publicidade

 

Notícias

Campeonato 1ª Divisão Feminina: Colégio de Gaia/Toyota cada vez mais líder

 

Três primeiros classificados cumpriram nos respetivos encontros e ABC/UMinho atrasa-se na corrida por um lugar no Top 6.

 

O Colégio de Gaia/Toyota foi ao terreno da Assomada conquistar a 18ª vitória no campeonato e reforçou o estatuto de líder isolado do campeonato. O jogo foi tudo menos um passeio para as campeãs nacionais que encontraram um adversário muito competitivo, prova disso é o empate a 13 golos registado ao intervalo. No segundo tempo o filme do jogo foi ligeiramente diferente já que o Colégio de Gaia/Toyota conseguiu superiorizar-se e vencer por 26-29. Maura Galheta, da Assomada e Maria Duarte, do Colégio de Gaia/Toyota, foram as melhores marcadoras com 8 golos cada.

 

O segundo classificado, Madeira SAD teve mais facilidade em arrancar um triunfo caseiro diante do ARC Alpendorada por 29-18. A formação insular saiu para o descanso a vencer por 13-10. Na segunda parte a formação visitante mostrou melhor rendimento mas foi mesmo a equipa do Madeira SAD a conquistar a vitória por 29-18. Viviana Rebelo, do ARC Alpendorada, Renata e Odete Tavares, ambas do Madeira Sad, dividiram o estatuto de melhores marcadoras do encontro.

 

O terceiro classificado, SL Benfica, cumpriu na receção ao CA Leça. As encarnadas voltaram aos triunfos depois de três jogos sem vencer e, nesta partida diante da formação de Leça da Palmeira não tiveram dificuldades em controlar o ritmo de jogo e sairam para o intervalo a vencer por 17-9. No segundo tempo o domínio continuou a pertencer à turma da Luz que, graças à melhor marcadora Margarida Oliveira, com seis golos, fecharam o triunfo por 33-20. O SL Benfica soma agora 47 pontos, menos um do que o segundo classificado Madeira Sad.

 

A outra formação insular, o CS Madeira venceu o Alavarium Love Tiles e quebrou um ciclo de sete vitórias consecutivas da equipa visitante. As madeirenses, que não perdem há oito jornadas sairam para o intervalo a vencer por 12-10 mas na segunda parte tiveram menos dificuldades em disparar no resultado e fecharam as contas em 30-21. Carolina Monteiro, foi a melhor marcadora da partida e a principal responsável por dificultar a tarefa às madeirenses que, ainda assim, se revelou insuficiente.

 

Depois de cinco derrotas consecutivas, o SIR 1º Maio/ADA CJB arrancou um resultado positivo na receção ao Maiastars, ao conquistar um empate a 20 golos. A formação maiata, que nos últimos seis jogos antes deste encontro tinha perdido apenas um deles, atrasou-se na perseguição ao terceiro lugar do campeonato numa das partidas mais difíceis da jornada 20. Ao intervalo o resultado era uma igualdade a 11 golos e o equilíbrio manteve-se até ao final sem quer nenhuma das equipas conseguisse garantir o triunfo. Ana Silva, do Maiastars, continua em grande forma e foi a melhor marcadora da partida com 13 golos apontados.

 

O ABC/UMinho perdeu terreno na luta por um lugar no top-6 depois de um desaire no terreno da Juve Lis por 27-23. A formação da casa, que conseguiu vencer ao fim de quatro derrotas consecutivas, dominou o encontro do inicio ao fim e depois de ter saído para o intervalo a vencer por 11-9, fechou um triunfo por uma margem confortável. Este resultado aproxima as duas equipas na tabela e a diferença entre ambas é agora de cinco pontos. Carolina Justino destacou-se com 11 golos marcados.

 

Campeonato 1ª Divisão Feminina – 20ª Jornada


22.02.20, 15h00 – SIR 1º Maio/ADA CJB : Maiastars, 20:20 (11:11)
22.02.20, 15h00 – Juve Lis : ABC/UMinho, 27:23 (11:9)
22.02.20, 17h00 – Madeira Sad : ARC Alpendorada, 29:18 (13:10)
22.02.20, 17h00 – CS Madeira : Alavarium Love Tiles, 30:21 (12:10)
22.02.20, 18h00 – ASS Assomada : Colégio de Gaia/Toyota, 26:29 (13:13)
22.02.20, 19h00 – SL Benfica : CA Leça, 33:20 (17:9)

 

Periodicidade Diária

domingo, 7 de junho de 2020 – 09:43:20

Pesquisar

Como comprar fotos

publicidade

Atenção! Este portal usa cookies. Ao continuar a utilizar o portal concorda com o uso de cookies. Saber mais...