Atenção! Este site utiliza cookies.

Ao navegar no site está a consentir a sua utilização saber mais

Eu aceito
Cookies
 
O que são Cookies?
 
Um cookie é uma cadeia de texto arquivada num ficheiro específico e incluída em pedidos e respostas do protocolo de transferência de hipertexto (HTTP - Hypertext Transfer Protocol). Permite o registo das informações de estado enquanto navega e quando regressa a um determinado website, mantendo as sessões HTTP.
 
Os cookies podem ser desactivados e/ou activados, com ou sem restrições para serem aceites pelo seu browser. Desactivar cookies pode impedir que alguns serviços da web funcionem correctamente, uma vez que não concede qualquer tipo de anonimato e o facto de se encontrarem desactivados não impede que os seus hábitos de pesquisa sejam controlados a partir dos websites.
 
Entre os parâmetros que caracterizam um cookie temos:
- O seu tempo de vida: que corresponde ao período de tempo de utilização do cookie até a sua validade expirar. A validade de um cookie pode ser expandida a uma determinada data, impedindo que o cookie expire assim que se feche a janela do browser.
- O domínio, ou grupo de páginas a que o cookie se aplica. O domínio permite aplicar um cookie a determinados endereços, de modo a excluir outros no mesmo site.
 
Para que servem?
 
A função de um cookie é indicar ao servidor web que regressou a uma determinada página/site, de modo a que as informações previamente fornecidas possam ser recuperadas e lhe permitam recorrer às funcionalidades do site usadas anteriormente. Por exemplo:
- Se confirmou informações relativas a compras, numa visita anterior a um website, pode utilizar uma palavra-passe para introduzir automaticamente as informações num formulário de encomenda, em vez de introduzir novamente estas informações.
- Um cookie permite selecionar previamente uma ou mais áreas de interesse que pretende ver sempre que visitar um website. Por exemplo, se pretender visualizar apenas um tipo específico de conteúdos, pode seleccionar os mesmos de modo a que seja essa a principal informação a ver no site.
publicidade

Secções

Últimas noticias

041 - Artigo

Ir ao ginásio tornou-se, nos nossos dias, o desporto com maior número de praticantes em todo o mundo. Este número já ultrapassa o dos praticantes de desportos colectivos como o futebol, basquetebol ou qualquer outro.
 
 
É por essa razão que os ginásios começam a ter, cada vez mais, uma grande responsabilide na luta contra o sedentarismo, na prevenção da obesidade e na diminuição da incidência de todas as doenças associadas aos maus hábitos, típicos das sociedades modernas.
 
Apesar de cada vez mais existirem indivíduos que se exercitam em ginásio, a verdade é que esta pode ser uma actividade bastante maçadora, quando comparada com a prática de um desporto colectivo. Nos desportos colectivos verificamos algumas variáveis, como a interacção com o adversário e a excitação produzida pelo jogo, pela disputa, que não são tão fáceis de reproduzir numa sala de exercício de ginásio. A monotonia é, possivelmente, um dos factores de desistência de muitos daqueles que se inscrevem nos ginásios, cheios de vontade e boas intenções. Outros factores de desistência são, provavelmente, a definição de objectivos e níveis de expectativa exagerados, quando se inicia um programa de exercício. Uma grande percentagem dos que se inscrevem num ginásio ou numa academia de fitness pretende perder peso ou ganhar massa muscular num curto espaço de tempo, sem ter a saúde e o bem-estar como primeira prioridade. Quando chegam à conclusão que os resultados ambicionados, que desejariam obter em períodos de tempo surrealistas, não aparecem tão facilmente, simplesmente desistem, sem perceber que provavelmente ainda estariam numa fase inicial de adaptação do seu organismo. Existem outros casos de indivíduos que até se aguentam em programas de exercício físico algum tempo, mas não se comprometem o suficiente. Não querem sacrifícios e simplesmente fazem algum exercício, que apenas serve para fazer manutenção, não sendo o suficiente em volume ou intensidade para provocar as adaptações que promovam os resultados desejados.
 
As estatísticas indicam que a maioria dos que se inscrevem em ginásios ou academias desiste até ao 3º mês. Provavelmente já aconteceu consigo ou com alguém conhecido? Aqueles que ultrapassam a barreira dos 12 meses, em programas de treino físico regular são uns vencedores, mas mesmo esses podem entrar numa espiral de saturação por fazer sempre as mesmas rotinas, os mesmos exercícios, etc.
 
É por essa razão que a Les Mills (empresa líder mundial em programas de fitness) apelida, no bom sentido da palavra, como “FREAKS” aqueles que fazem exercício regularmente e com gosto. Um “FREAK” é alguém que é diferente da maioria, uma pessoa que se destaca das outras, um “granda maluco”, como se costuma dizer na nossa gíria. Visto desta forma julgo que muitos gostariam de se sentir diferentes…uns “FREAKS”. É nesse sentido que todos os que têm responsabilidades a este nível devem trabalhar, para que cada vez mais existam indivíduos que fazem actividade física com gosto e não apenas por obrigação.
 
De facto a maioria das pessoas não gosta de exercício físico. Mas outra verdade incontornável é que o exercício físico regular é uma necessidade, se queremos ter uma vida saudável e com qualidade.
 
A motivação é um factor muito importante para conseguirmos iniciar e manter hábitos de exercício, dia após dia, ano após ano. Qual é a sua motivação para realizar uma determinada actividade? Esta é a pergunta que deve fazer a si próprio e depois discuti-la com um técnico de exercício e saúde.
 
Outra questão importante na qual devemos reflectir é porque é que deixamos, de repente, de participar numa determinada actividade que até gostávamos?
           
           Num artigo sobre a diminuição da participação em aulas de RPM™, retirado do site da Manz (www.manz.pt), empresa líder de mercado na área do fitness, em Portugal, e detentora dos direitos dos programas Les Mills, podemos perceber uma das razões pelas quais se perde a motivação para fazer exercício físico.
“Porque é que o aluno, após vir para a aula durante muitos dias seguidos, decide não frequentar mais a aula? O tédio é normalmente a principal razão. Quando surgiu o RPM™, toda a gente queria experimentar e toda a gente se viciou nele. Todos os dias, por vezes duas vezes por dia, os alunos corriam para chegar a tempo da aula.
 
Actualmente vemos uma quebra significativa no número de participantes nestas aulas. As pessoas cansaram-se da mesma rotina que a aula oferece. Como pode evitar ficar farto e manter-se motivado para frequentar novas aulas e novos programas? Através do Cross-Training!
 
O RPM™ é um treino muito intenso. Este tipo de treino apenas deverá ser realizado uma ou duas vezes por semana. O mesmo se aplica às aulas de BODYSTEP™, BODYCOMBAT™, BODYBALANCE™, Localizada, BODYPUMP™, BODYATTACK e BODYJAM™, etc. Para se manter motivado, você necessita de variedade. Crie um plano de treino que inclua uma de cada tipo destas aulas por semana e nunca irá fartar-se. Irá ficar ansioso por frequentar cada aula.
 
Resultados? Mudanças positivas no seu corpo, alcançar objectivos e ver que esses resultados são aquilo que pretende alcançar. Fazer repetidamente o mesmo tipo de exercício, como por exemplo 30 minutos na passadeira ao mesmo nível todos os dias, não lhe irá permitir alcançar os seus objectivos. Esta repetição torna o seu corpo extremamente eficiente em realizar este tipo de exercício. Isso significa que o seu corpo pode realizar o mesmo exercício e gastar cada vez menos calorias cada vez que o faz. Esta eficácia do corpo provoca um retorno cada vez menor. O resultado é que você nunca chega a alcançar os seus objectivos.
 
E se fizesse um tipo de exercício diferente cada dia ou cada semana? O seu corpo nunca teria oportunidade de se habituar a um determinado exercício. Mais uma vez, o Cross-Training é a solução. O Cross-Training desafia o seu corpo de formas diferentes em cada dia, o que lhe permite alcançar os seus objectivos e proporciona-lhe um equilíbrio geral. Mais músculos têm a oportunidade de ser trabalhados através de exercícios diferentes, o que prepara o organismo para quase todo o tipo de actividades.
           
           Lembra-se de como foi quando experimentou um novo tipo de exercício? Teve aquela sensação de que havia descoberto músculos novos. Variando os seus treinos, irá descobrir e utilizar novos músculos quase todas as vezes que treinar, o que proporciona resultados espantosos a nível do corpo. O Cross-Training permite-lhe ficar motivado por lhe permitir sentir que está a fazer algo novo e excitante cada vez que treina. Iria faltar ao ginásio se começasse a notar resultados e se divertisse cada vez que treina? Nem por sombras! Certo? Torne o seu treino divertido adicionando variedade. Faça Cross-Training! Irá manter-se motivado, diminuir a probabilidade de lesões e acima de tudo, verificará mudanças positivas no seu organismo! Conseguirá também manter um estilo de vida saudável durante toda a vida!”
 
          Torne-se um verdadeiro “FREAK” que gosta e sente a actividade física como parte integrante da sua vida!

Temos 785 visitantes em linha

jtemplate.ru - free extensions Joomla
publicidade

 
Os nossos leitores ajudam
a manter este espaço informativo.
 
Colabore você também!!!.
Deixe aqui o seu contributo.
  
Por transferência bancária para:
Caixa Geral de Depósitos
IBAN: PT50 0035 0221 00007045400 15
BIC SWIFTCGDIPTPL
CARLOS SEQUEIRA VIANA RODRIGUES
 
 
O tempo
 
 
Para aceder aos ficheiros PDF
que disponibilizamos neste portal
precisa de ter instalado o
Adobe Acrobat Reader
no seu computador