18 anos ao serviço do Desporto em Portugal

publicidade

 

Novas confirmações Festival Ponte D'Lima: Omar Souleyman, Pongo e The Last Internationale

 
Festival Ponte d’Lima regressa em 2024
1, 2 e 3 de agosto
 
Novas confirmações:
Omar Souleyman
Pongo
The last internationale
Os já anunciados Mão Morta, Surma, Unsafe Space Garden e Kamikazes, também fazem parte da 2ª edição do festival
 
Após uma primeira edição de grande sucesso, o Festival Ponte D'Lima terá a sua 2ª edição nos dias 1, 2 e 3 de agosto de 2024 em Ponte de Lima, vila mais antiga de Portugal.
Os primeiros nomes anunciados para o cartaz de 2024, divulgados no último dia da 1ª edição do Festival, foram Mão Morta, Surma, Unsafe Space Garden e Kamikazes, uma banda histórica da região que regressa aos palcos para um concerto muito especial.
A estes primeiros nomes, juntam-se agora Omar Souleyman, Pongo e The Last Internationale, num equilíbrio perfeito entre a música eletrónica, o rap, o kuduro e o rock.
 
Omar Souleyman, que colaborou com Björk e Four Tet, começou a sua carreira como cantor de casamentos, lançando quase 500 álbuns ao vivo antes do início da guerra civil no seu país de origem, a Síria, em 2011. Em 2013 lançou seu primeiro álbum de estúdio, "Wenu Wenu", que a NPR chamou de"...uma jam tão visceral, emocionante e intensa que faz com que a misteriosa questão das fronteiras terrenas pareça dificilmente digna de ser contemplada.". O segundo álbum, "Bahdeni Nami", editado em 2015 recebeu, novamente, elogios generalizados da crítica, incluindo o The Guardian, onde se leu: "As melodias são abrasivas e efervescentes, tagarelando interminavelmente como canto estridente dos pássaros", e "To Syria, With Love", de 2017, editado via Mad Decent, colocou Omar, firmemente, no cânone da música eletrónica global. Souleyman reforçou seu crescente status como ícone mundial da música eletrónica, estabelecendo um grande número de seguidores internacionais depois de fazer longas digressões e de tocar ao vivo em grandes festivais, incluindo Glastonbury, Bonnaroo, Pitchfork Paris e Roskilde, regressando a Portugal em 2024.
 
Pongo tem desenvolvido a sua carreira, quer como cantora quer como compositora, nas áreas do kuduro, rap e pop. Em 2008 integrou a banda Buraka Som Sistema e logo no início, foi responsável por um dos maiores êxitos da banda, Kalemba (Wegue Wegue) cujo videoclipe ultrapassou 10 milhões de visualizações no YouTube. Após uma paragem de oito anos, já em 2018, ouviu uma das suas músicas na rádio e voltou a ter vontade de recuperar a sua carreira musical. Em 2019, acabou por editar o seu primeiro EP a solo, "Baia", que foi muito bem aceite pela crítica especializada, seguido de "Uwa", o seu segundo EP (2020), um grande sucesso comercial e da crítica, valendo-lhe o Music Moves Europe Talent Award. Em 2022, edita o seu primeiro LP, de nome "Sakidila" que significa obrigado em kimbundu, uma das línguas de Angola, país onde nasceu e que na infância trocou por Portugal. Em Ponte de Lima irá, certamente, colocar o público a dançar sem parar.
 
The Last Internationale, também conhecida como TLI, é uma banda de Nova York formada pela cantora Delila Paz e pelo guitarrista Edgey. O seu álbum de estreia, "We Will Reign", foi lançado pela Epic Records em 2014. O disco foi produzido pelo produtor de rock vencedor de Grammy, Brendan O'Brien, e conta com a participação do baterista Brad Wilk (Rage Against the Machine). O segundo álbum do The Last Internationale, "Soul On Fire", foi lançado em outubro de 2019. O álbum teve produção executiva de Tom Morello e conta com Joey Castillo (Queens of the Stone Age) na bateria. O terceiro álbum de estúdio dos The Last Internationale, "Running for a Dream", foi lançado em março de 2023, contando com as participações de Joey Castillo e Eloy Casagrande, de Sepultura, na bateria. Especialmente conhecidos pelas suas poderosas performances ao vivo, TLI dividiram palco com artistas como Robert Plant, Neil Young, The Who, Kings of Leon, Slash, Lenny Kravitz, Incubus, Royal Blood e muitos mais. No verão passado, tocaram na maioria dos principais festivais da Europa, incluindo Pink Pop, Rock Werchter, Hellfest, Mad Cool, Lollapalooza e Hyde Park. Em 2024 chegam a Ponte de Lima para um concerto de rock com a mistura certa entre ritmo e rebaldia, acomapnhadas da voz poderosa de Delila.
 
Nesta segunda edição do Festival Ponte D'Lima, o espaço reservado ao campismo será aumentado de forma a dar resposta à grande procura que a organização sentiu, mantendo a sua qualidade, muito elogiada pelos festivaleiros e proximidade com a zona envolvente do festival e próprio recinto. Tudo isto em total harmonia com a natureza e espaço envolvente, o que permite usufruir de paisagens naturais únicas, proporcionadas pelo Rio Lima.
No mesmo espaço, será possível assistir a concertos variados mas também viver a experiência do melhor que Ponte de Lima tem para oferecer a quem a visita, honrando sempre o território e património locais, respeitando a paisagem que os compõem.
 
Os bilhetes para a 2ª edição do Festival Ponte D'Lima já se encontram disponíveis, em formato Early Bird. Até dia 31 de dezembro é possível adquirir o passe de 3 dias com ou sem campismo por 40 euros sendo o preço ajustado para 50 euros, a partir dessa data.
 

Periodicidade Diária

quarta-feira, 28 de fevereiro de 2024 – 14:56:26

Pesquisar

Como comprar fotos

publicidade

Atenção! Este portal usa cookies. Ao continuar a utilizar o portal concorda com o uso de cookies. Saber mais...