14 anos ao serviço do Desporto em Portugal

publicidade

 

Katia Guerreiro é convidada dos Anaquim no concerto do Ferroviário

 

 

Os Anaquim, que recentemente apresentaram a nova versão de "O Fado Fugiu de Casa" num dueto com Katia Guerreiro, apresentam-se ao vivo em três concertos até ao fim do mês de setembro: São João da Madeira, Lisboa e Espinho.

Katia Guerreiro, fadista que se junta a José Rebola para dar voz à nova versão de "O Fado Fugiu de Casa" vai fazer parte do concerto no Ferroviário em Lisboa, agendado para o dia 26 de setembro pelas 19H00. Esta será a primeira vez que o dueto será cantado ao vivo.

O concerto em São João da Madeira acontece já a 19 de setembro, pelas 21H30 na Casa da Criatividade e em Espinho a 28 de setembro pelas 17H30 no Museu Municipal do Espinho, com entrada gratuita.

 

Sobre o dueto "O Fado Fugiu de Casa":

 

Nas palavras da banda, "O Fado Fugiu de Casa” não é um fado. É antes uma homenagem ao fado, o seu reconhecimento inegável no nosso panorama cultural, e o reconhecimento da sua especificidade. É a constatação de que onde há fado há Portugal, e que os dois são indissociáveis. Que o fado, quando viaja pelo mundo, carrega Portugal às costas. E nós, humildes representantes da música portuguesa, sentimos orgulho em carregar os dois connosco", admitem os Anaquim.

Este tema surgiu quando, a propósito de um concerto dos Anaquim em França, a banda foi publicitada na imprensa local como “Fado moderno”, e até, devido ao nome, “os Jedis do Fado”. A banda diz: "Não quisemos defraudar o nosso público desse dia e acabámos por fazer uma versão de um tema de Amália Rodrigues. Assim, essa ideia de um fado a percorrer o globo começou a tomar forma e concretizou-se nesta canção."

Tanto as viagens como as canções ganham muito quando são feitas de pluralidade, e por isso, para esta versão em dueto de “O Fado Fugiu de Casa” os Anaquim tiveram a ideia de convidar Katia Guerreiro, que corre todo o globo com o Fado, com as suas várias facetas e cambiantes. O resultado, ficou este não-fado transformado num fado fugidio, que consegue esquivar-se a tudo menos à sua portugalidade.

Mais especificamente, sobre trabalhar com a Katia Guerreiro, os Anaquim dizem que foi como " ampliar o que conhecíamos dela. Foi perceber que além de uma excelente artista é também uma excelente pessoa, tão alegre e emotiva como o fado em si. Desde os primeiros desenhos de harmonias para o dueto até à participação nas maluqueiras das gravações do videoclip, tivemos o prazer de descobrir na Katia uma paixão por todos os aspectos de fazer música que nos fazem enriquecer e querer partilhá-la."

 

ANAQUIM é uma banda de Coimbra que em 2010 conquistou de imediato o público português com o álbum de estreia "As Vidas dos Outros".


Com temas e letras actuais pautadas por ironia certeira, os ANAQUIM continuaram o seu percurso acompanhando os tempos com optimismo.


Fruto da escuta da obra de nomes como Fausto, Sérgio Godinho e Zeca Afonso misturam influências internacionais como a canção francesa, a música country ou blue grass num resultado irreverente.


Os ANAQUIM são José Rebola (compositor e letrista - voz e guitarras), Pedro Ferreira (teclados), Luís Duarte (guitarra), Filipe Ferreira (baixo) e João Santiago (bateria), parceiros de músicas, risadas e quarto.

ANAQUIM ao vivo:


19 de setembro
Casa da Criatividade, São João da Madeira
21h30

26 de setembro
Ferroviário, Lisboa
19h00

28 de setembro
Museu Municipal Espinho
17h30
Entrada gratuita

 

Periodicidade Diária

sexta-feira, 18 de outubro de 2019 – 03:32:53

Pesquisar

Vamos ajudar!

Como comprar fotos

publicidade

Atenção! Este portal usa cookies. Ao continuar a utilizar o portal concorda com o uso de cookies. Saber mais...