13 anos ao serviço do Desporto em Portugal

publicidade

 

Sarah McCoy apresenta disco de estreia, 'Blood Siren', em digressão por Portugal

 

 

Sarah McCoy, cantora norte-americana que editou em janeiro de 2019 o seu disco de estreia "Blood Siren", regressa a Portugal para uma digressão de 6 datas que começa a 25 de outubro e que vai passar em Ovar, Ponte de Lima, Lisboa, Guarda, Santarém e Braga.

Sarah McCoy já foi descrita como uma espécie de Bessie Smith com uma pincelada de Amy Winehouse. Uma pequena porção de Janis Joplin e algo de Tom Waits. E ainda qualquer coisa de Fiona Apple. O seu universo não desagradaria a Kurt Weill. Estas referências podem ser úteis para quem ainda não conhece Sarah McCoy. Os restantes sabem que esta compositora e intérprete não se assemelha a ninguém, que a sua voz e carisma são únicos e marcantes logo ao primeiro instante no palco.

"Blood Siren" é o aguardado trabalho de Sarah McCoy, editado a 25 de janeiro de 2019 pela Blue Note. A produção ficou a cargo de Renaud Letang (Feist, Manu Chao, Charlotte Gainsbourg, Jane Birkin, Mocky) e do conceituado pianista canadiano Chilly Gonzales, com quem a diva americana se cruzou em 2017 no festival ARTE Concert, em Paris — onde reside actualmente.

Esta digressão nacional arranca a 25 de outubro no Centro de Arte de Ovar, passando depois por outras salas emblemáticas como o Teatro Diogo Bernardes em Ponte de Lima (26/10), o Centro Cultural de Belém em Lisboa (27/10), o Teatro Municipal da Guarda (31/10), o Teatro Sá da Bandeira em Santarém (01/11) e, finalmente, no Theatro Circo em Braga (02/11).

 

 

Periodicidade Diária

terça-feira, 16 de julho de 2019 – 22:19:44

Pesquisar

Vamos ajudar a Oksana

Maryna Sribnyak
IBAN: PT50 0035 0614 0000 9327 930 65
SWIFT: CGDIPTPL
clicar na imagem para saber mais

publicidade

Atenção! Este portal usa cookies. Ao continuar a utilizar o portal concorda com o uso de cookies. Saber mais...