14 anos ao serviço do Desporto em Portugal

publicidade

 

V Gala sem Preconceito no Casino do Estoril

 

O Salão Preto e Prata do Casino do Estoril recebeu a V Gala sem Preconceito a 1 de Fevereiro.

 

À semelhança das edições anteriores, a Gala sem Preconceito apoia uma causa social, sendo este ano a instituição UMAR - União de Mulheres Alternativa e Resposta. As receitas de bilheteira e a verba angariada com a venda do calendário solidário são destinadas a mobilar os dois apartamentos que a Câmara Municipal de Lisboa cedeu para acolher vítimas de violência doméstica e seus filhos.

 

O evento teve a produção da Capítulo Reversível e a produção executiva de Isabel Guerreiro. Isabel Guerreiro também partilhou o palco na apresentação da Gala em conjunto com Ricardo Carriço, Pedro Crispim e Sofia Nicholson, e ainda contracenou com Jocka.

 

Quando ao espectáculo, iniciou-se com uma coreografia entregue ao tema da Gala, a violência doméstica, em que os artistas Jocka e Isabel Guerreiro, protagonizaram uma encenação de violência doméstica, ao lado 35 pessoas de cara tapada (a simbolizar as 35 mortes que houve no ano passado). Ao fundo a projecção de pequenas frases de contextualização.

 

A noite prosseguiu com a música de Ricardo Carriço, André Fernandes, Sara Carreira, Pedro Barroso, Anjos terminando com a actuação do Saint Dominic Gospel Choir.

 

Jocka fez ainda uma excelente exibição de acrobacia, sendo um dos artistas portugueses mais conceituados nesta arte.

 

O evento não se ficou por aqui, tendo as intervenções de Paula Patuxa Lopes, mentora do projecto “Sem Preconceito”, a Ana Arrebentinha a já muito conhecida humorista alentejana, em que não veio contribuir com o humor da sua Amareleja mas sim com o testemunho muito sério de um episódio de violência doméstica que se passou com uma amiga sua e resultou na morte da mesma. Já Sérgio Moura Afonso fez a declamação de um texto também alusivo ao tema. 

 

Já no final, Carlos Carreiras, presidente da Câmara Municipal de Cascais fez a sua intervenção que se focou em vários pontos, sendo dos quais o reconhecimento do apoio que a Câmara Municipal de Lisboa está a dar a este projecto cedendo os dois apartamentos, assim como os apoios que a Câmara Municipal de Cascais também tem neste sentido, sendo que as autarquias devem realmente intervir nesta área. Na área da prevenção deve-se ter sempre em atenção também aos jovens logo na idade do namoro, pois aí já começam a aparecer casos de violência entre namorados. Os casos de violência doméstica têm que ser sempre denunciados, segundo o autarca, pois é crime público.

 

Ao longo da Gala, os apresentadores foram fazendo os agradecimentos a todos quantos tornaram possível este evento e deram também uma nota ao público, para haver uma melhor partilha de conteúdos passa por usar a hashtag #nemmaisuma

 

Mais uma Gala sem Preconceito terminada com êxito, aguardamos a VI edição.

 

Texto e Fotos: Pedro MF Mestre

 

clique na imagem para visualizar a fotorreportagem

 

 

Periodicidade Diária

quinta-feira, 20 de fevereiro de 2020 – 22:01:56

Pesquisar

Vamos ajudar!

Como comprar fotos

publicidade

Atenção! Este portal usa cookies. Ao continuar a utilizar o portal concorda com o uso de cookies. Saber mais...