13 anos ao serviço do Desporto em Portugal

publicidade

 

Gala de S. Valentim com "The Lucky Duckies" no Casino do Estoril

 

No dia 14 de Fevereiro, data em que se comemora o dia de S. Valentim, o Casino do Estoril preparou uma festa especial no Salão Preto e Prata composta por um requintado jantar, e um espetáculo com os The Lucky Duckies.

 

Banda mítica com 30 anos de sucesso, liderada por Marco António que tem Cláudia Faria consigo na voz que também faz ritmo com a pandeireta. A banda é composta por João Carreira ao piano, na bateria Diogo Melo de Carvalho, na guitarra João Santos e no baixo e contrabaixo Sérgio Fiúza.

 

Marco António tem uma grande presença em palco, não só a cantar, mas também na conversa que mantém com o público e com o seu característico humor. Logo de início simulou uma chamada com o Presidente da República, algo que agora é moda. Ao longo do espetáculo foi interagindo diretamente com o público tanto para a Sala toda como para os espectadores da frente de palco. Por coincidência ou não, estava na sala um amigo seu, baterista, que tomou conta do ritmo numa das canções a convite do artista.

 

Houve um espaço em que as pessoas puderam acompanhar os temas a dançar.

 

Os temas que apresentaram ao público durante cerca de duas horas de espetáculo foram grandes êxitos dos anos 20 aos 60 do século passado, levando-nos a viajar pelas várias épocas por eles abrangidos, tais como “Speedy Gonzalez”, “La Cucaracha”, “Diz-me, quando, quando, quando”, “Hippy Shake”, “Can't take my eyes off you”, “Love in the air”, “California Dreaming”, “Come prima (Italiano)”, “Unchained Melody”, “Johnny be good”, “Runaway”, “Great balls of fire” e termina apresentando a banda ao som de “Tutti Frutti”.

 

O cenário estava montado com decoração a condizer com a época das canções e a caracterização dos artistas também não foi exceção.

 

Marco António comentou a beleza da zona de Cascais, do Casino como anfitrião do concerto, entre outros.

 

O Casino do Estoril nessa noite não teve mãos a medir em termos de atividade cultural, pois além deste espetáculo, o auditório teve “Rouge” de Wanda Stewart, e no Lounge D a atuação de Fernando Jimenez e Angel Fariña, artistas de Flamenco, ou seja, uma noite com muita animação para vários gostos.

 

Texto: Vera Brás

Fotos: Pedro MF Mestre

 

 

 

clique na imagem para visualizar a fotorreportagem

 

 

Periodicidade Diária

domingo, 26 de maio de 2019 – 20:21:03

Pesquisar

Vamos ajudar a Oksana

Maryna Sribnyak
IBAN: PT50 0035 0614 0000 9327 930 65
SWIFT: CGDIPTPL
clicar na imagem para saber mais

publicidade

Atenção! Este portal usa cookies. Ao continuar a utilizar o portal concorda com o uso de cookies. Saber mais...